Chia

Chia

Você já deve ter ouvido falar na Chia, certo? Conheça diferentes benefícios desse minúsculo grão poderoso!

Com origem no México e na Colômbia, a Chia, um grão bem pequeno e menor que o grão da linhaça, possui gigantes benefícios para a saúde. Rico em vitaminas, é grande fonte de energia e nutrição, auxiliando em vários benefícios para o nosso corpo, como a prevenção de inúmeras doenças. De todos os grãos existentes, a Chia possui o mais alto nível de proteínas, com 20% de sua composição.

Como Chia age no organismo?

Pra quem já experimentou a Chia, é possível notar que quando consumida com iogurtes, sucos, vitaminas ou com banana amassada, ela libera uma fina camada parecida com um leve gel incolor, fazendo com que as sementes se expandam.

Assim, quando consumidas, promovem a saciedade muito mais rápido. É por isso que após o seu consumo é normal sentir que algumas sementinhas de Chia parecem grudar nos dentes da parte de trás da boca, mas um simples copo de água resolve esse problema.

Benefícios do consumo de Chia

Um ponto interessante é que a Chia não possui sabor, por isso pode ser adicionada em saladas, bolos, tortas, pães, iogurtes, líquidos, enfim, no prato que você desejar aumentar a qualidade dos nutrientes de forma leve e prática. Especialistas dizem que até oito colheres de sopa de Chia equivalem ao mesmo teor de antioxidantes encontrados em 2,5k de tomates, o que demonstra que ela é uma poderosa aliada para o combate ao envelhecimento precoce.

Esse e outros exemplos podem lhe apresentar vários benefícios para um funcionamento perfeito de nosso corpo. Quer mais? 100gr de Chia equivalem ao magnésio de 200gr de nozes, ou ao ferro encontrado em 1k de espinafre, ideais para a prevenção da osteoporose. E se você possui depressão ou sintomas de cansaço e fadiga, a Chia pode lhe ajudar com o aumento de vitaminas do complexo B, ideais para que esses sintomas super chatos saiam de perto de você.

Informações importantes

Deu pra notar como é importante colocar a Chia na sua alimentação e, claro, na alimentação da sua família? Vale lembrar que ela não deve ser consumida em alto nível, evitando assim o aumento de calorias. Recomenda-se o uso em apenas duas refeições no dia, como o café da manhã e o almoço, sendo duas colheres de sopa apenas.

Caso você não possa consumir trigo, cevada ou centeio, a Chia substitui todos esses alimentos de forma altamente nutricional, auxiliando o processo digestivo com presença de 40% de fibras em sua composição.

E se você recentemente fez exames e descobriu que seus índices de colesterol e triglicérides estão altos, aposte na Chia para sua nova fase de alimentação, afinal ela reduz os índices destes níveis no sangue.

Compre Chia!

Aqui na Nature Center você encontra a Chia em vários formatos, como em cápsulas, farinha seca, comprimidos, ou em minúsculas sementinhas.

Se você não tem tempo de consumir a Chia com outros alimentos porque seu dia é muito corrido, o ideal para você são as cápsulas ou comprimidos, que podem ser consumidos com um copo de água, sendo super fáceis de ingerir.

Dicas para consumo da Chia

Se você prefere o uso das sementinhas, aproveite para aplicá-las nos mais variados tipos de pratos que você consome, tornando esse hábito diário em sua alimentação. E se você tem dificuldades em ingerir alimentos ou grãos que não conhece, com aquelas famosas frases: "acho que não vou gostar" ou "deve ser ruim", esqueça, pois, como dissemos, a Chia não possui sabor, facilitando o consumo para todas as pessoas.

Uma dica legal para consumir a Chia todos os dias é comprar três potinhos pequenos. Sendo um para deixar em cima da mesa que você faz as refeições em sua casa, outro para a mesa de seu trabalho e, por fim, um potinho para ficar dentro de sua bolsa. Assim, em qualquer horário do dia, você não tem desculpas para não consumir a sua quantidade necessária de Chia.

Gostou? Então aproveite e compre agora Chia para incluir na sua alimentação saudável!

ATENÇÃO !!

Lembre-se de conversar com seu médico antes de tomar qualquer tipo de vitamina nutricional ou suplemento alimentar, já que alguns ingredientes podem interagir com as condições de saúde pré-existentes ou quaisquer outros suplementos que o consumidor já esteja consumindo.