Televendas: (31) 3063-8989
Central de Atendimento
(31) 3063-8989 (31) 98462-5344 @ sac@naturecenter.com.br Segunda à Sexta-feira de 8h às 19h.
Sábado de 9h às 13h.
Mostrando 6 Produtos em 1 páginas
Fitox da Fitoway é um produto natural que contribui para a limpeza do organismo, promove um maior bem estar, e auxilia na obtenção de um corpo em forma, promovendo maior sensação de saciedade.
Fitoway
Product ID: 2099
Product SKU: 2099
New In stock />
Fitox 60 Cápsulas - Fitoway
Detox 60 Cápsulas UpNutri é suplemento natural em cápsulas com vários benefícios ao corpo. Detox UpNutri contribui para eliminação de toxinas, efeito diurético e obtenção de um corpo em forma.
UpNutri
Product ID: 3409
Product SKU: 3409
New In stock />
Detox - 60 Cápsulas - UpNutri
Chlorella Green é um suplemento de alto valor nutricional que aumenta a saciedade dos alimentos, possui ação detox e fortalece o sistema imunológico.
Vitaminlife
Product ID: 2909
Product SKU: 2909
New In stock />
Chlorella Green - 90 Cápsulas - Vitaminlife
Chlorella 240 Cápsulas / Tabletes Ocean Drop é composto por alta concentração de Chlorella. A Chlorella é rica em clorofila, permitindo assim ação detox, melhor funcionamento do intestino e renovação celular.
Ocean Drop
Product ID: 3435
Product SKU: 3435
New In stock />
Chlorella - 240 Cápsulas / Tabletes - Ocean Drop
Clorella 60 Cápsulas Unilife é um composto encapsulado natural com alta concentração de Clorella. A Clorella é uma microalga que auxilia na redução de medidas, poder antioxidante, além de ser rica em vitaminas e minerais.
Unilife
Product ID: 3383
Product SKU: 3383
New In stock />
Clorella - 60 Cápsulas - Unilife
Clorella UpNutri é um suplemento natural completo. A Clorella favorece a obtenção de um corpo em forma, ação detox, antioxidante, além de fortalecer o sistema imune.
UpNutri
Product ID: 3361
Product SKU: 3361
New In stock />
Clorella - 60 Cápsulas - UpNutri
Mostrando 6 Produtos em 1 páginas

Chlorella

Existem substâncias oferecidas pela natureza que podem transformar a saúde. E esse é o caso da Chlorella, você já conhece?

Chamada também de clorela, clorella ou clorrela, a Chlorella é um superalimento que vem surpreendendo a comunidade científica por seus benefícios. Se trata de uma alternativa importante para prevenir e combater muitas doenças.

Conheça a seguir como funciona essa grande novidade natural!

 

O que é Chlorella?

Considerada o organismo mais rico em clorofila no mundo, a chlorella é uma alga unicelular. Mais cultivada em países como os EUA, Japão e Taiwan, tem sidao muito utilizada no preparo e desenvolvimento de suplementos e remédios.

Contando com pigmentos verdes, é uma alga que se multiplica com facilidade, precisando apenas de água, sol e dióxido de carbono, com alguma quantidade de minerais, para se reproduzir. Seu nome significa ‘pequeno verde’, em grego, indicando essas características e o potencial de traduzir o poder da natureza.

A alga possui uma média de 45% de proteínas, 20% de gordura, 20% de carboidrato e 5% de fibras. Esses valores a colocam na lista de melhores fontes proteicas da natureza. A questão é que embora se multiplique rapidamente de forma natural, ainda existe muita dificuldade em seu cultivo. Quem conhece a alga não abre mão de seu uso, geralmente por suplementação. Entretanto, não é tão popular quanto a spirulina.

 

Chlorella: e Spirulina são a mesma coisa?

Essa é uma questão muito comum! A maioria das pessoas acha que chlorella e spirulina são a mesma coisa. E não, elas não são!

Embora ambas sejam consideradas superalimentos, a verdade é que a spirulina têm em comum apenas o fato de:

1. terem alta densidade nutritivas;
2. serem ricas em vitaminas e minerais;
3. atuarem como uma fonte saudável de proteína.

A base da diferença está no fato de que a spirulina não é uma alga. Apesar de existir certa confusão entre os termos, o que acontece é que a spirulina é uma cianobactéria. Mesmo com muitas semelhanças em seu processo de existência, se tratam de espécies diferentes. Portanto, se você vir alguma marca ou pessoa anunciando que ambas são iguais, desconfie.

Na verdade, a questão é que as duas possuem muitos benefícios. Por isso, podem agir no organismo como aliadas, nunca uma em detrimento à outra.

 

Chlorella: Nutrientes

Descoberta oficialmente na década de 40, a chlorella ainda está em fase de estudos pela comunidade científica. Apesar do pouco tempo, porém, já existem muitas comprovações a respeito de seu poder nutritivo.

Mesmo tendo um tamanho pequeno, alga conta com nutrientes como:
- vitaminas do complexo B;
- vitaminas C e E;
- magnésio;
- potássio;
- cálcio;
- zinco;
- betacaroteno;
-
antioxidantes;
- ácidos nucléicos;
- ômega 3;
- fibras
- mais de 20 tipos de aminoácidos.

Para você ter uma ideia, a quantidade de vitamina B12 na chlorella é maior do que em um bife de fígado. Além disso, seu processo fotossintético faz com que tenha mais proteína do que qualquer planta. Se trata de um alimento considerado uma fonte completa de proteínas.

Para os vegetarianos que tendem a ter deficiências em vitaminas, a alga representa uma fonte de alimento e suplementação segura e saudável.

 

Chlorella: Benefícios

Mas, afinal, o que tem de tão saudável na chlorella na prática? A verdade é que seus benefícios ainda estão em fase de descoberta.

Entretanto, certos benefícios já possuem comprovação científica, veja os 10 mais importantes!

É muito nutritiva

Considerada um superalimento, a chlorella depende um pouco de suas condições de crescimento. No entanto, se for processada de forma correta, vai fornecer seu nutrientes de forma direta. Quando consumida em forma de suplemento, é importante sempre buscar as marcas já consolidadas no mercado. Dessa forma, será possível garantir que foi extraída de forma adequada.

Age como detox

Estudos preliminares sobre a ação desintoxicante da chlorella trouxeram resultados muito eficientes. Em animais testados, a ingestão da alga promoveu a remoção natural de toxinas, metais pesados e outros componentes prejudiciais ao organismo. Além disso, o que se sabe é que contribui principalmente para a saúde do fígado, dos rins e do cérebro. Seu potencial seria o de ajudar o corpo a se desintoxicar sozinho.

Melhora a imunidade

Seu sistema imune é responsável por te manter saudável e livre de infecções. Se trata de uma forma complexa de autoproteção. A ingestão de chlorella demonstrou seu capaz de otimizar e melhorar a resposta da imunidade de animais e humanos. Em um pequeno estudo norte-americano, foi possível comprovar que os anticorpos foram fortalecidos naturalmente em um grupo que consumiu a chlorella, em comparação a outro que tomou placebo. O resultado seria mais eficiente entre pessoas até 50 anos.

Ajuda a controlar o colesterol

As principais pesquisas envolvendo chlorella apontaram um dado em comum. A alga é capaz de ajudar no controle dos colesteróis. Consumindo uma média de 5 a 10 gramas de chlorella diariamente, seria possível diminuir o colesterol LDL e também os níveis de triglicerídeos. A razão estaria nos seguintes nutrientes:

- niacina: a vitamina A e B diminuem comprovadamente o colesterol;
- fibras: são agentes redutores de gordura;
- carotenóides: já demonstraram seu poder de redução do LDL;
- antioxidantes: ajudam a prevenir a oxidação do colesterol LDL, ação relacionada a doenças cardíacas.

Age com antioxidante

Muitos dos componentes da chlorella fazem parte da lista de antioxidantes mais eficientes como clorofila, vitamina C, beta caroteno, licopeno e luteína. Algumas dessas substâncias reduzem a produção de produtos finais de glicação avançada (AGEs), que causam muitas das complicações do diabetes. Em estudos prévios com animais, a chlorella conseguiu interferir na ação dos genes. Para fumantes, o consumo também demonstrou um poder de prevenção de doenças relacionadas ao tabaco.

Atua contra a hipertensão

Os suplementos de chlorella promovem a saúde cardíaca e dos rins. O resultado é um maior controle na pressão arterial. Em um estudo controlado norte-americano, pessoas com hipertensão consumiram 4 gramas de chlorella diariamente por 12 semanas. Ao final do período, todos tiveram uma redução considerável na pressão. O motivo para esse resultado estaria na alta concentração de arginina, potássio, cálcio e ômega 3.

Pode melhorar os níveis de açúcar no sangue

A suplementação com chlorella já demonstrou o aumento da sensibilidade à insulina em pacientes com doenças hepáticas. Embora ainda seja cedo para fazer essa afirmação científica, os pesquisadores acreditam que o mesmo efeito será percebido em pessoas diabéticas ou com tendência a desenvolver a doença. O efeito seria interessante também para contribuir na perda de peso.

É uma aliada contra as doenças respiratórias

Asma ou doenças pulmonares muitas vezes exigem um maior controle de inflamações. E é aí que entra a chlorella. Com seus muitos antioxidantes, a alga também demonstrou um grande poder contra os radicais livres que pioram a doença. Até o momento, não se sabe se os nutrientes também favorecem a capacidade respiratória diretamente.

Melhoram o desempenho aeróbico

Ao final de um estudo sobre a ação da chlorella em indivíduos realizando atividade aeróbica, os resultados foram animadores. Com uma média de 6 gramas ao dia, a alga teria melhorado a saturação de oxigênio. Essa é uma medida importante ao se avaliar um desempenho aeróbico. Para corredores, por exemplo, significa a possibilidade de aumentar a distância de provas. Já para amadores, uma chance de melhorar seu condicionamento.

Além dos benefícios acima, há ainda pesquisas em andamento para confirmar outras vantagens como:
- melhora na saúde dos olhos: por causa da presença de luteína e zeaxantina, caretonoideis que protegem a visão;
- contribui para a saúde do fígado: suplementos já demonstraram o poder de melhorar casos de doenças relacionadas ao fígado;
- otimiza a digestão: o consumo diminui a sensação de inchaço e estufamento;
- alivia a TPM: com cálcio e vitaminas do complexo B, a chlorella ameniza alguns dos efeitos da tensão pré-menstrual por meio de seu consumo regular.

Por mais que alguns dos efeitos ainda estejam sendo avaliados pela ciência, a chlorella já entrou para o hall de substâncias mais aliadas da saúde.

 

Chlorella: Emagrece

Ao ler sobre os benefícios da chlorella, não e difícil perceber que a alga pode contribuir contra outra doença séria: a obesidade.

Embora não seja desenvolvida ou cultivada com essa intenção, a verdade é que a alga possui ações determinantes para qualquer pessoa que quer emagrecer. O que acontece é que muitos metabolismos são lentos por causa de toxinas, por exemplo. Com uma suplementação com chlorella, é possível fazer uma desintoxicação completa natural.

Da mesma forma, o poder de aumentar o potencial em exercícios aeróbicos também é importante. Muita gente chega na academia completamente fora de forma, sem aguentar 3 minutos na esteira. O condicionamento para atividades físicas pode ser muito beneficiada pelo consumo ou suplementação de chlorella.

Outra questão importante é que a alga age na sensibilidade à insulina. E isso não tem a ver apenas com o diabetes. Nosso corpo responde aos alimentos com o aumento de circulação de açúcar no sangue. Quando você come um chocolate, por exemplo, há um pico de glicemia. Seu organismo sente um ápice de prazer que dura o período em que você está comendo.

Quando isso acaba, o corpo sente uma necessidade de repetir essa dose. É por isso que você sente fome logo depois de comer um doce. Quando o organismo tem uma sensibilidade mais resistente à insulina, a absorção de glicose é menor. Dessa forma, acontecem menos picos de glicemia, o que leva a menos exagero na alimentação.

Mesmo que não seja um emagrecedor, a chlorella e seus nutrientes conseguem agir dessa maneira.

 

Chlorella: Como tomar?

Ainda que você esteja pensando em alguma receita com chlorella, não é bem assim que funciona seu consumo. Seu cultivo precisa ser adequado e ainda não é vendido em grande escala. Assim, é mais comum encontrar a alga de duas formas: pó de chlorella e cápsulas de chlorella.

Em se tratando do pó, há a possibilidade de incluir na comida ou mesmo preparar suco. A questão é que nem sempre é fácil ingerir a quantidade correta dessa forma.

Para quem pensa em uma suplementação mais controlada, a forma mais eficiente é por meio de cápsulas. Como a captação da substância segue um padrão rígido de qualidade, essa forma de consumo costuma ser a mais controlada e eficiente. Em geral, 2 cápsulas diárias são suficientes para aumentar a presença de inúmeros nutrientes no organismo.

 

Chlorella: Quem pode Consumir?

Como é considerada a planta mais rica em nutrientes, as restrições para seu uso são muito pequenas. A maioria das pessoas pode se beneficiar com os nutrientes. Quem quer aumentar o desempenho, a saúde, a perda de peso, controlar a pressão, entre outros, pode e deve consumir a substância.

No entanto, em se tratando de doenças crônicas, é preciso sempre ter a liberação ou indicação médica. Mulheres grávidas e que estão amamentando também demandam cuidado extra. Da mesma forma, crianças até 11 anos só podem fazer a suplementação com aprovação ou receita do especialista.

Também é preciso ficar atento para possíveis casos de alergia. Embora não seja comum, há pessoas que desenvolvem algum tipo de processo alergênico relacionada a algas.

 

Chlorella: Efeitos Colaterais

Esse superalimento possui um pode de atuação muito intenso no organismo. Seus benefícios são muitos, com poucas restrições já encontradas até o momento.

Enquanto ainda passa pelo crivo da ciência, o que se sabe até o momento é que efeitos colaterais negativos só acontecem quando o consumo é inadequado. Mesmo que seja saudável, é preciso fazer uso da substância com cuidado.

Imagine, por exemplo, a fruta que você mais ama. Se for o abacaxi e você comer 2 unidades ao dia, pode ficar com os lábios machucados, por causa da acidez. Se for o mamão, consumir mais do que uma unidade pequena ao dia vai causar diarreia ou desconforto abdominal. Com a chlorella, o processo é parecido.

Se você consumir mais gramas da alga do que o necessário, pode desenvolver sintomas como coceira, erupções na pele e diarreia. Nesse caso, é preciso reavaliar a quantidade que vem sendo consumida em relação ao seu peso e tamanho. Por isso, fique atento sempre às orientações fornecidas pelo fabricante do seu suplemento. E por meio da bula da chlorella que você vai saber quanto pode tomar por dia.


 

Visitados

O que falam sobre nós

Acesse
o blog