Televendas: (31) 3063-8989
Central de Atendimento
(31) 3063-8989 (31) 98462-5344 @ sac@naturecenter.com.br Segunda à Sexta-feira de 8h às 19h.
Sábado de 9h às 13h.
Mostrando 1 Produtos em 1 páginas
Mostrando 1 Produtos em 1 páginas

Dente de leão: saiba tudo sobre!

Você sabia que o dente de leão pode ajudar na sua saúde? Quem nunca sofreu com uma gripe ou resfriado? Ou com algum problema no intestino?

Quem nunca bebeu um pouco mais e precisou retirar todo aquele álcool do corpo no dia seguinte? Se você se identificou com alguma dessas questões, talvez você precise conhecer as características e benefícios dessa planta medicinal.

A utilização dessa planta tem sido feita desde o século XV, e aqui, entraremos a fundo no mundo do dente de leão, para conhecer sua definição, sua serventia para nosso corpo, formas de ingestão, sua composição, efeitos colaterais, principais vantagens do consumo e até mesmo onde comprar.

 

Dente de leão: o que é?

Dente de leão é o nome popular da planta com nome científico Taraxacum officinale. O nome popular pode variar: coroa-de-monge, chicória-silvestre, salada-de-toupeira, etc. A sua origem vem da Europa, e essa planta se adaptou muito bem aos solos brasileiros.

Possui características como caule oco, ereto, flores amareladas e podem atingir poucos centímetros de altura. Essa planta é classificada na família Asteraceae, uma família bastante ampla de plantas.

Nessa família há muitas plantas conhecidas e boa parte delas irão servir na alimentação do ser humano, são exemplos dessa família:

- Margarida,
- Girassol;
- Camomila.


A família Asteraceae está bem distribuída em regiões temperadas, que incluem aproximadamente 19.000 espécies.

Muitas substâncias químicas podem ser encontradas nessa família, como óleos essenciais e flavonóides, que são importantes para diversas funcionalidades.

A planta dente de leão pode ser encontrada também em zonas subtropicais, é uma planta resistente, que suporta até ambientes frios. Sua utilidade é diversa, como planta medicinal. Vamos ver neste artigo as principais funções do dente de leão.

 

Dente de leão: para que serve?

Plantas medicinais têm sido cada vez mais estudadas, pois suas inúmeras características ajudaram e ainda ajudam a combater diversos males. Assim como também melhoram o organismo e previne doenças. Dente de leão é uma dessas plantas.

Desde o século XV essa planta tem sido estudada. Suas diversas propriedades e benefícios tem chamado a atenção de especialistas. A partir do século XX o número de pesquisas aumentou e ela passou a ser estudada e comercializada bastante.

Essa planta pode ajudar em todas as situações mencionadas abaixo:

- tratamento de gripe e resfriado;
- melhorar o trânsito intestinal;
- combater as toxinas do corpo e proteger o fígado.

Dente de leão pode ser usada em saladas, sucos ou extratos. O chá também é muito utilizado, bem como cápsulas naturais produzidas a partir de seus ativos. A planta de nome científico Taraxacum officinale pode variar de nome popular, porém seus efeitos são os mesmos.

Essa planta medicinal tem sido comentada no mundo todo e utilizada como aromatizante natural, além de ser consumida como alimento em alguns países.

Dente de leão apresenta flavonóides, carotenóides e outras substâncias que são importantes para a prevenção e tratamento de doenças. Confira alguns de seus benefícios a seguir.


Diminuição de células cancerosas

Em alguns estudos em outros países, mostraram que o extrato da folha do dente de leão pode ser usado para combater células cancerosas da região das mamas e próstata.

Outros estudos científicos mostraram que essa planta melhora o organismo e diminui o número de células danificadas nesses locais do corpo.

As substâncias presentes nessa planta atuam no combate e na eliminação das células cancerígenas do organismo, e assim promovem a saúde do corpo. Acredita-se que suas substâncias antioxidantes combatem também os radicais livres do corpo e assim o envelhecimento do corpo.


Melhora a produção da bile

Por causa de substâncias como zinco e esteróis, que atuam na limpeza de toxinas, a planta protege as células, principalmente as do fígado. Esse órgão atua na eliminação contínua de substâncias tóxicas do nosso organismo, dentre muitas outras.

As propriedades presentes no dente de leão protegem as células hepáticas contra danos e ajuda no seu funcionamento, e produz assim uma bile eficaz. Muito se fala de tratamentos para o fígado após bebidas alcoólicas ou cirrose.


Controla os níveis de colesterol

Estudos mostram que as raízes e folhas possuem substâncias que podem atuar no controle dos níveis de gorduras, como o colesterol.

Assim, os ativos possuem a capacidade de eliminar colesterol ruim que pode habitar as artérias e causar diversos males, como a aterosclerose.

A aterosclerose é uma doença onde ocorre uma interrupção de fluxo sanguíneo numa artéria e isso causa sérios problemas, como os AVC e infarto. Alguns colesteróis podem acumular nas paredes das artérias.


Estimula o bom funcionamento do organismo

É comum também se utilizar as partes da planta para melhorar o organismo, principalmente o sistema digestório. O chá feito a partir do dente de leão pode estimular o apetite e melhorar a diurese.

Por seu poder intestinal, o chá das raízes da planta pode ajudar no bom trânsito intestinal, e atuar como laxante.

Algo bem comum também é utilizá-la para os diversos problemas digestivos, já que o dente de leão possui substâncias que melhora o intestino. Atua bem para o tratamento de doenças como o reumatismo, gotas e infecções renais, por exemplo.


Poder ajudar no tratamento contra a diabete

Em algumas pesquisas, mostra-se que o dente de leão pode elevar a síntese de insulina pelo pâncreas. Isso contribui para o tratamento de pessoas com diabetes. Além disso, pode ser utilizado para desinchar o corpo e para diminuir o ritmo da pressão sanguínea.


Auxilia no processo de emagrecimento

O dente de leão é um queridinho quando o assunto é emagrecimento. Além dos benefícios já citados, ele pode auxiliar em tratamentos contra as gordurinhas indesejadas.

O seu chá possui as características de desintoxicar o organismo e combater os radicais livres. Além de desinchar o corpo, ele atua na melhoria da circulação sanguínea, estimulação da diurese e diminuição do apetite tem sido estudada. É importante, antes de iniciar um tratamento desse que você busque ajuda profissional.


Melhora dos sintomas de gripe e resfriado

As substâncias presentes na planta melhoram os sintomas causados pelo vírus da gripe. A indicação do chá com outros derivados da planta é eficaz para essa infecção.

Alguns estudos têm sido desenvolvidos com o objetivo de investigar o uso das propriedades dessa planta no tratamento de pacientes infectados pelo covid-19.

Não é nada oficial, é uma forma natural de auxiliar no tratamento desses pacientes. De qualquer forma, é importante que o infectado informe aos profissionais de saúde sua situação e questione sobre a eficácia dessa planta.

 

Dente de leão: como tomar?

As formas mais comuns da utilização do dente de leão são através de infusão e no preparo de chás, ou até mesmo na forma de cápsulas.

Em muitas lojas pode ser encontrada tanto as partes secas como frescas da planta medicinal ou suplementos alimentares derivados dessa poderosa planta.

Alguns autores sugerem a utilização das raízes e folhas, que podem ser consumidas com saladas. Também podem ser colocados para secar no sol e ser consumida na forma de chá. Muitos mencionam em um cozimento e substituição do espinafre, também.

Outros mencionam que podem ser feitas bebidas a partir de suas raízes. O café-de-chicória é usado em alguns locais em substituição do chá. Em alguns países, suas rosas podem ser maceradas e misturadas com água e açúcar e assim misturada com bebidas.

As raízes podem ser usadas para infusão, no combate de cálculos renais e cirrose hepática leve. Também pode ser feito um suco fresco obtidos das folhas. A dosagem recomendada é de uma a duas colheres de sopa por dia. O extrato seco ou líquido pode ser tomado diariamente, em torno de 2 g.


Chá de dente de leão

O chá pode ser preparado a partir de uma colher de sopa da raiz ou folhas e 200 ml de água. Ferva a água e misture com a parte da planta. Deixe descansando por 10 minutos. Antes de tomar, coe. Geralmente pode ser tomado no máximo três vezes ao dia.


Suco

O suco pode ser feito com as folhas e misturado a água de coco ou laranja e limão. É só bater as folhas no processador e juntar com o suco ou água de coco. Tomar no máximo três vezes ao dia. Como o sabor pode ser bem amargo, a mistura pode acontecer com gengibre, hortelã ou os ingredientes já citados.


Dente de leão em cápsulas

Além das formas já citadas, há também as cápsulas, que são vendidas em lojas de produtos naturais, como a Nature Center. Pode ser usada três cápsulas ao dia, sempre sob a orientação profissional. Esse artigo não tem como objetivo a substituição de um profissional de saúde. Antes de usar essa planta medicinal, é importante consultar um profissional de saúde.

 

Dente de leão: bula e composição

Essa planta medicinal é rica em minerais e vitaminas. Os mais conhecidos são o ferro, potássio, vitamina C e vitamina A. Pode ser encontrada ainda alguns esteróis, resinas, óleos essenciais, ácidos e flavonóides.

Os carotenóides também são encontrados. Suas raízes apresentam substâncias que dá um sabor amargo, como os derivados triterpênicos. Apresenta ainda o sal mineral zinco, o que te dá uma ação contra os radicais livres.

 

Dente de leão: efeitos colaterais

Nos artigos científicos, ainda não foram evidenciados efeitos tóxicos graves da planta quando consumido das maneiras que foi dito. Mesmo assim, deve-se maneirar no uso, nunca se sabe qual o efeito que ele pode gerar, cada organismo age diferente.

Alguns estudos mostram que pode ocorrer efeitos colaterais como hipotensão e alergias em pessoas hipersensíveis ao produto.

A planta é contraindicada para quem apresenta problemas biliares ou gastrite, onde seu consumo excessivo pode irritar o intestino ou estômago.

Evite sempre a auto suplementação, consulte um especialista. Crianças e mulheres grávidas devem consultar o médico antes da utilização. Já foi visto em artigos que gestantes não podem usar este suplemento.

 

Dente de leão: benefícios e vantagens

O dente de leão possui variadas vantagens. Sua ação antioxidante ajuda a prevenir e tratar doenças. Alguns dos problemas tratáveis são:

- Cirrose leve;
- Gota;
- Infecção renal;
- Reumatismo.


Também atua na eliminação de células cancerígenas que podem crescer nas mamas e próstata.

Protege órgãos, como o fígado, e ajuda na melhor produção da bile. Atua como antioxidante e no reparo dos radicais livres que pode causar problemas para as células.

Também pode ajudar na prevenção de doenças, como a aterosclerose. Sua ação é através do controle do colesterol ruim.

O dente de leão pode ajudar ainda no processo de emagrecimento, pois pode desinchar o corpo e combater toxinas.

Estudos mostram que contribui para a falta de apetite. Além disso, melhora o trânsito intestinal e ativa o organismo. Muitos são os benefícios promovidos por essa planta medicinal.

 

Dente de leão: onde comprar

Antes de utilizar essa planta, é importante buscar orientação médica. Não importa para qual fim você deseja, o profissional de saúde deve ser consultado. Ao passar por esse cuidado, as formas de consumo variam, assim você poderá escolher a melhor para o seu bem-estar.

As partes da planta pode ser comercializada em locais que vendem produtos naturais, seja a parte seca ou fresca da planta. Também poderá encontrar extratos, em pó, ou de outras formas.

Outra maneira é em cápsulas naturais, vendidas em empresas que manipulam medicamentos ou lojas virtuais, que vendem produtos online.

Antes da compra, é importante que certifique se o local é confiável. Muitas vezes, produtos são vendidos de forma ilegal. Procure sempre o melhor site ou loja. Uma empresa referência no mercado, é a Nature Center, lá você encontra diversos produtos naturais e confiáveis.


 

Visitados

O que falam sobre nós

Acesse
o blog