Molhos Fit

Molhos Fit

Atualmente, a busca por um corpo em forma parece ser o objetivo da maioria das pessoas. No entanto, o que muitos não sabem é que às vezes seguir uma dieta regrada e manter uma rotina de exercícios diários nem sempre dá resultado em longo prazo. Afinal, há um momento em que o corpo se “acostuma” e é necessário mudar alguns hábitos para voltar a turbinar o organismo.

Quando vamos comer nossa salada de todas as refeições, por exemplo, muitas vezes utilizamos molhos industrializados que, por mais que não pareça, estão cheios de ingredientes que podem prejudicar a nossa alimentação, como gordura e sódio em excesso. Uma solução para essa questão é preparar o tempero da salada de forma caseira seguindo receitas de molhos fit.

Mas como isso é possível? Quais são as receitas disponíveis? Quais ingredientes se pode utilizar sem atrapalhar o equilíbrio de uma dieta regrada? No texto que segue, você obterá mais informações sobre esse assunto!

 

O que são Molhos Fit?

Buscar cada vez mais alternativas para tornar a dieta sempre mais saudável e saborosa é uma das medidas que precisamos tomar para não fugir do alcance de nosso objetivo por um corpo em forma. Isso, inclusive, faz toda a diferença em receitas mais simples, como o acompanhamento de carnes e saladas.

Em outras palavras, os molhos fit se apresentam como excelentes opções no que diz respeito à inovação daqueles pratos tradicionais e que acabam, depois de certo tempo, “enjoando”, além, é claro, de serem bem melhores do que os molhos comuns encontrados nas prateleiras dos mercados. Afinal, tudo o que é caseiro, é sempre mais saudável e de procedência conhecida.

Para que fique mais claro, é necessário compreendermos que a escolha dos ingredientes é essencial para dar aquele incremento no molhos, o que deixa a salada ainda mais atrativa e com um sabor especial. Mas como alcançar essa forma inovadora de sair da “mesmice”? Acompanhe no tópico a seguir!

 

Molhos Fit Tradicionais

Para que a salada de todo dia não perca a graça, é preciso adicionar molhos que deem certa graça ao prato, deixando-o ainda mais atrativo para o paladar. Para que você não coloque em risco a sua dieta, acompanhe as principais receitas de molhos fit tradicionais:

- Molho de ervas e cottage – acredite, apenas 56 calorias em uma explosão de sabor! Ingredientes: 2 xícaras de chá de queijo cottage; 2 colheres de copa de suco de limão; 2 colheres de sopa de manjericão fresco picadinho; sal a gosto. Modo de preparo: amasse levemente o cottage com um garfo. Em seguida, adicione e misture os outros ingredientes.

- Molho de mostarda e mel – o clássico também pode ser muito gostoso! Porção super fit: apenas 45 calorias! Ingredientes: 1 colher de sobremesa de mostarda dijon; 1 colher de sobremesa de mel; 2 colheres de sopa de iogurte desnatado; 1 colher de copa de azeite de oliva extra virgem; sal a gosto. Modo de preparo: basta misturar todos os ingredientes em um recipiente e regar a salada.

- Molho cítrico: quer inovar? Essa é uma excelente opção! E ainda por cima, conta com somente 55 calorias! Ingredientes: meia lima da pérsia, meio limão cravo; meia laranja pera; meia mexerica; 4 colheres de sola de azeite de oliva extra virgem; sal a gosto. Modo de preparo: esprema todos os cítricos e adicione o sal e o azeite. Para aproveitar todas as vitaminas, recomenda-se que se consuma imediatamente.

- Molho de iogurte e linhaça: com apenas 40 calorias, é possível temperar a salada com muito sabor! Ingredientes: um pote de iogurte natural (de preferência desnatado); 1 colher de chá de mostarda; 1 colher de chá de linhaça; 1 colher de copa de hortelã picadinho; 1 colher de copa de azeite de oliva extra virgem; suco de meio limão. Modo de preparo: misture todos os ingredientes em um recipiente e regue a salada.

- Molho de abacate: ótima opção para o verão por ser extremamente refrescante! Ingredientes: 2 colheres de copa de abacate; 1 colher de copa de suco de limão tahiti; 5 folhas de hortelã picadinhas; sal a gosto. Modo de preparo: junte os ingredientes em um recipiente e, com o auxílio de um mixer, bata todos eles. Basta regar a salada e servir.

- Molho a base de vinagre balsâmico: ideal para salada de folhas, esse molho tem apenas 60 calorias e é muito saboroso! Ingredientes: 3 colheres de sopa de vinagre balsâmico; 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem; 2 colheres de sopa de água mineral; 2 colheres de sopa de gergelim; 1 colher de sopa de suco de limão; sal a gosto. Modo de preparo: em um recipiente fundo, misture todos os ingredientes e sirva sobre a salada.

- Molho rose light: excelente opção para substituir a versão com creme de leite e deixar a salada ainda mais gostosa! Ingredientes: 100 ml de iogurte desnatado; 4 colheres de sopa de catchup; 1 colher de sopa de maionese light; sal a gosto. Modo de preparo: misture todos os ingredientes em um recipiente até que formem uma mistura homogênea. Em seguida, basta servir por cima da salada.

- Molho de maracujá: ótima opção para acompanhar não somente a salada, mas peixes também. Ingredientes: 50 ml de azeite de oliva extravirgem; polpa de um maracujá inteiro fresco; 20 g de mel; 3 g de pimenta do reino preta e moída; 50 ml de água; 10 folhas de manjericão picadinhas; sal a gosto. Modo de preparo: peneire a polpa do maracujá, junte o suco com todos os outros ingredientes (exceto o azeite e o manjericão) e misture bem. À medida que for mexendo, coloque aos poucos o azeite. Ao final, adicione o manjericão e regue por cima da salada.

- Molho de tomate caseiro: excelente opção para evitar substâncias nocivas à saúde! Ingredientes: dez tomates orgânicos bem maduros; meia xícara de azeite de oliva extra virgem; uma colher de chá de açafrão; quatro dentes de alho picados; uma colher de pimenta do reino moída; meia colher de açúcar mascavo; sal a gosto. Modo de preparo: refogue o alho picado em uma panela funda a fogo a baixo; bata os tomates em um liquidificador e adicione-os à panela junto com os outros ingredientes. Deixe cozinhar por cerca de quinze a vinte minutos. Pronto, agora é só separar em potes individuais e consumir!

Evidentemente, há inúmeras opções para adicionar cada vez mais sabor aos pratos do nosso dia a dia, não é mesmo? Há, ainda, opção de molhos termogênicos que ajudam a acelerar o metabolismo! Acompanhe, a seguir, como turbinar ainda mais sua refeição!
 

Molhos Fit Termogênicos

O que muitas pessoas não sabem é que há, ainda, opções de molhos fit termogênicos. Sim, isso mesmo, molhos para saladas, carnes e massas que, além de serem simplesmente deliciosos, ajudam a dar aquela turbinada no metabolismo, levando, assim, o organismo a um maior gasto calórico. Confira as principais receitas para deixar seus pratos ainda mais gostosos:

- Molho branco termogênico: pra acabar com o mito de que molho branco é sinônimo de prato calórico! Ingredientes: 1 colher de chá de azeite de oliva extra virgem; 2 colheres de sopa de farinha de trigo; 1 colher de café de noz moscada; 1 colher de café de gengibre (de preferência ralado); 2 colheres de sopa de queijo parmesão light e ralado; 2 xícaras de leite (de preferência desnatado). Modo de preparo: misture a farinha e o leite até que não fique nenhuma pelota. Em uma panela funda, adicione o azeite de oliva e doure o gengibre. Acrescente a mistura de farinha e leite e mexa até que o molho comece a engrossar. Em seguida, desligue o fogo e adicione ao seu prato!
- Molho de laranja e pimenta: excelente opção para quem deseja um tempero diferente com muito sabor! Ingredientes: uma pimenta dedo de moça picada e sem sementes (lave bem as mãos após para não ter o perigo de irritar os olhos, por exemplo); 200 ml de suco de laranja; uma colher de sopa de salsinha picadinha; meia colher de copa de maisena (amido de milho); sal a gosto. Modo de preparo: misture o amido no suco de laranja e mexa bem até dissolvê-lo por completo; em uma panela funda, leve essa mistura ao fogo baixo, adicione a pimenta e o sal. Em seguida, mexa até que o molho engrosse. Antes de servir, basta adicionar a salsinha picada e pronto!
- Molho de cenoura e gengibre: excelente opção para acompanhar praticamente todos os tipos de carnes, massas e saladas! Ingredientes: uma cenoura inteira ralada; duas colheres de sopa de gengibre picado em pequenos pedaços; uma colher de sopa de shoyo light; suco de um limão inteiro; duas colheres de sopa de vinagre; sal a gosto. Modo de preparo: cozinhe a cenoura em água até que fique bem macia. Adicione o caldo proveniente em um liquidificador junto com a cenoura ralada e os outros ingredientes. Bata tudo até que forme uma mistura homogênea. Adicione essa mistura em uma panela em fogo baixo. Basta deixar ferver um pouco e está pronto!

Evidentemente, há inúmeras opções para adicionar cada vez mais sabor aos pratos do nosso dia a dia, não é mesmo? Há, ainda, opção de molhos termogênicos que ajudam a acelerar o metabolismo! Acompanhe, a seguir, como turbinar ainda mais sua refeição!
 

Principais Benefícios dos Molhos Fit

Como já ficou evidente, os molhos fit são excelentes opções para quem quer dar aquela turbinada na alimentação, no metabolismo e deixar as refeições ainda mais atrativas e saborosas! Mas quais são outros benefícios que esses molhos caseiros podem trazer? Confira, a seguir, por que o seu consumo é amplamente indicado pela maioria dos nutricionistas:

- Poder antioxidante: ajudam a combater os radicais livres que causam envelhecimento precoce.

- Muito menos sódio: não têm o alto teor de sódio presente em excesso nos molhos industrializados vendidos nos mercados, evitando, assim, que os rins fiquem sobrecarregados e que a pressão arterial não aumente.


- Melhoram a digestão e o funcionamento do intestino.

- Evitam possíveis alergias a corantes, pois, diferentemente dos molhos industrializados, não levam esse ingrediente em sua composição.

- Previnem malefícios indesejados que podem ser ocasionados pelo consumo de conservantes em longo prazo.

- Garantem a procedência dos ingredientes utilizados em seu preparo.

- Não “viciam” o paladar ao sabor artificial, visto que são 100% naturais, sem adição de glutamato monossódico (realçador de sabor), por exemplo.

- Por serem completamente naturais, melhoram a imunidade, evitando, assim, que aquela gripe indesejada atrapalhe seu dia a dia.
 

Há Contraindicações de Consumo dos Molhos Fit?

Como já ficou evidente, os molhos fit são excelentes opções para quem quer dar aquela turbinada na alimentação e no sabor dos alimentos diários, sair da rotina e deixar a dieta ainda mais atrativa. Mas muitas pessoas se perguntam: com todos esses benefícios, será que há alguma contraindicação para o consumo desses molhos?

Geralmente, por serem todos feitos a partir de ingredientes totalmente naturais, não há nenhuma contraindicação para seu consumo. Porém, como tudo na vida, quando consumidos de forma excessiva e desenfreada, podem, sim, ser prejudiciais à saúde. Molhos que contêm ingredientes cítricos, por exemplo, podem causar dores de estômago indesejadas.

Além disso, se a pessoa apresentar qualquer tipo de alergia a algum dos ingredientes, é evidente que ela não pode consumir esse tipo de molho específico. O que é interessante é que há inúmeras opções para todos os pratos, gostos e paladares. Por isso, antes de fazer uso de qualquer um dos ingredientes, certifique-se com seu médico especialista de que você não apresenta nenhuma intolerância ou alergia para evitar, assim, sintomas indesejados e poder aproveitar ao máximo o sabor delicioso dos molhos fit!

Junto a uma dieta regrada e a uma rotina de exercícios físicos, é possível incluir ingredientes naturais para fazer molhos incríveis e deliciosos para acompanhar seus pratos, sejam massas, carnes ou saladas. E o que é ainda melhor, evitar ingredientes nocivos presentes nos produtos industrializados, como o excesso de sódio, por exemplo.

Viu só como é possível obter um corpo em forma, aumentar a imunidade, melhorar o funcionamento do intestino, acelerar o metabolismo e garantir o bom desempenho, a disposição e, ainda por cima, aproveitar receitas rápidas e práticas? Comer com saúde, aumentar o gasto energético, ter qualidade de vida e saborear refeições cada vez mais gostosas podem ser algo ainda mais fácil com a inclusão das receitas de molhos fit na sua rotina. Comece hoje mesmo a incluir essa inovação em sua dieta diária e acompanhe os efeitos benéficos para seu corpo e para a sua saúde! Seu paladar agradece!