Multivitamínicos

Multivitamínicos

A saúde de uma pessoa não está só na cura de doenças, mas na prevenção. Uma pessoa que fornece todos os nutrientes que seu organismo precisa tende a sofrer menos com enfermidades. É por isso que os multivitamínicos têm se tornado cada vez mais essenciais.

Contando com fórmulas eficientes, esse tipo de produto contribui muito para a prevenção. É uma maneira segura de garantir que seu corpo receba todos os benefícios de que precisa. E de uma forma muito mais simplificada.

 

O que são Multivitamínicos?

Os suplementos multivitamínicos ou polivitamínicos são desenvolvidos para suprir as necessidades de vitaminas e minerais presentes em nosso organismo devido ao desequilíbrio em nossa dieta alimentar ou prática de exercícios físicos. São compostos por diferentes grupos de vitaminas e minerais que auxiliam em funções essenciais e básicas do nosso organismo.

As fórmulas são elaboradas de forma avançada, sendo bastante seguras para consumo. Também são desenvolvidas de forma a garantir que o organismo consiga absorvê-las de forma correta. É preciso respeitar as particularidades de cada vitamina e mineral para que o corpo aproveite de maneira ideal.

 

Como Funcionam os Multivitamínicos

Multivitamínicos possuem em sua composição micronutrientes que são nutrientes necessários para manter o funcionamento perfeito de nosso organismo. Em um micronutriente existe uma variedade de vitaminas, sendo elas do grupo A, C, D, E, K ou do complexo B, e minerais como ferro, cobre e zinco.

Nosso organismo absorve estes micronutrientes a partir de nossa alimentação, porém, para que todas as necessidades nutricionais sejam supridas, é necessário que tenhamos uma dieta equilibrada, o que nem sempre é possível. Principalmente para pessoas com uma rotina corrida, é essencial o consumo de suplementos multivitamínicos. Sendo assim, os polivitamínicos em cápsulas complementam suas refeições e agem preenchendo a necessidade de vitaminas e minerais em nosso organismo, de modo prático e saudável.


 

De quais Vitaminas nosso Corpo Precisa?

Existem algumas vitaminas e minerais que são super famosos desde a infância. Toda mãe sabe que o crescimento dos filhos exige cálcio, por exemplo. Mas e o magnésio? Certos minerais não recebem a mesma atenção.

Da mesma forma, a vitamina C é super famosa, geralmente obtida da laranja. Entretanto, há outras das quais o organismo tem necessidade.

Confira quais são os essenciais para o funcionamento do seu organismo:

Vitamina A

Presente em alimentos como abóbora, batata doce, cenoura, couve e espinafre, é indispensável para os tecidos do corpo. Além disso, está relacionada à saúde da visão e ao sistema imunológico. Para a pele, é também uma vitamina com poder de grande melhora para elasticidade e combate a manchas e rugas.

Vitaminas do Complexo B

Dentro do que se chama de complexo B estão nada menos do que doze tipos de vitaminas diferentes. Sua presença no organismo está relacionada à qualidade da circulação sanguínea e formação do sangue. São importantes ainda para a saúde mental e funções desenvolvidas pelo cérebro. Estão presentes em alimentos como gema do ovo, fígado, carne de porco e grãos.

Vitamina C

Além da laranja, essa é uma vitamina encontrada em frutas como caju, goiaba e abacaxi. Também está presente em vegetais folhosos como alface e agrião. Tem ação antioxidante e também auxilia no processo de cicatrização da pele. Além disso, sua presença adequada ajuda na absorção de ferro.

Vitamina D

Obtida também por meio da exposição ao sol, a vitamina D é determinante para a qualidade de vida. Dentre seus benefícios está a formação e fortalecimento dos ossos, assim como o aumento e manutenção da imunidade.Presente em alimentos como peixes, sardinha e cavala, é uma vitamina que contribui para a metabolização do cálcio. Ou seja, se estiver em baixa, o corpo vai sofrer duplamente com a ausência de nutrientes.

Vitamina E

Com ação antioxidante, essa vitamina contribui para amenizar e inibir o envelhecimento das células e também da pele. Consumida por meio de alimentos como nozes, castanhas, amêndoas e vegetais folhosos de cor escura, a vitamina E também faz parte do sistema imunológico.

Vitamina K

Também encontrado em vegetais folhosos de cor verde escura, a vitamina K está diretamente relacionada ao processo de coagulação do sangue. Para pessoas com problemas sanguíneos, o consumo desregulado desse tipo de alimento pode não ser seguro. Dessa forma, a suplementação funciona como garantia de que a ingestão está saudável.

Cálcio

Um dos minerais mais famosos, o cálcio não é importante apenas para os ossos. Se trata de um aliado também para a construção muscular, a coagulação e o sistema nervoso. Presente no leite, esse mineral está também em verduras de cor verde escura, como couve, brócolis e rúcula.

Ferro

Esse é um mineral indispensável para que células e tecidos consigam receber oxigenação adequada. Além disso, é importante para quem faz exercícios, pois aumenta o rendimento e diminui a fadiga da musculatura. É encontrado principalmente em alimentos de origem animal, como carne vermelha e peixe. Sua absorção depende também de outras vitaminas, por isso, mesmo com um alto consumo de ferro, o corpo pode sofrer com alguma deficiência.

Iodo

Com certeza o iodo não está na lista de prioridades da maioria das pessoas. Entretanto, se trata de um mineral com atuação essencial nos hormônios da tireoide. Além disso, está relacionado à saúde reprodutiva e no desenvolvimento neurológico. Pode ser encontrado em alimentos como camarão, ostras, salmão e atum.

Zinco

Outro mineral não tão popular, o zinco age fortalecendo a imunidade, contribui para a cicatrização e é indispensável para a atividade de pelo menos 300 enzimas. Está em alimentos como carne, grão de bico, ervilha, feijão e ovos.

 

Quais Doenças são Causadas por falta de Vitaminas?

Como você pode notar, há necessidade de um equilíbrio entre vitaminas e minerais. Não basta apenas consumir uma grande quantidade de uma vitamina por dia, por exemplo. É importante que todas estejam devidamente equilibradas. Do contrário, o organismo vai sofrer com diferentes efeito colaterais, inclusive desenvolvimento de doenças.

Veja exemplos:

- a deficiência de vitamina A pode comprometer a qualidade da sua visão, assim como facilitar a ocorrência de infecções;
- a deficiência de vitaminas do complexo B leva a sintomas como cansaço, fadiga, dor de cabeça, náuseas e até depressão;
- a deficiência de vitamina C leva a dificuldade e atraso na cicatrização, assim como facilita o surgimento de resfriados, gripes, anemia, varizes e problemas de cicatrização;
- a deficiência de vitamina D está relacionada a doenças autoimunes, diabetes, lúpus, esclerose múltipla, artrite reumatóide e doenças inflamatórias de intestino. Além disso, a ocorrência de cólicas intensas também pode ser uma consequência;
- a deficiência de vitamina E causa taquicardia, cansaço, fadiga e também queda de cabelo;
- a deficiência de vitamina K faz com que o organismo tenha mais dificuldade na cicatrização de feridas, favorecendo também problemas circulatórios;?
- a deficiência de cálcio aumenta o risco de desenvolvimento de doenças como osteoporose, hipertensão, obesidade e câncer de cólon. Cãibras também são comuns em pessoas que sofrem com a carência desse mineral.
- a deficiência de ferro: é muito comum que pessoas com ausência de ferro no organismo desenvolvam anemias crônicas. O cansaço excessivo é outro efeito colateral bastante comum.
- a deficiência de iodo: problemas na tireoide comprometem muito a qualidade de vida. Há pessoas que ganham muito peso, outras emagrecem muito. Em comum, a sensação de desânimo, cansaço e fadiga.
- a deficiência de zinco: quem sofre com carência desse mineral tende a pegar gripes e resfriados mais facilmente. Também há alterações na cicatrização de feridas.

Vale dizer também que outras doenças como câncer, por exemplo, podem piorar pela ausência de vitaminas. Para idosos, esses nutrientes são ainda mais indispensáveis.

 

Porque a Alimentação não Fornece todas as Vitaminas que Precisamos?

Imagine a pessoa que tem sempre o prato mais colorido do mundo; comendo a cada 3 horas, fazendo atividade física, tomando pelo menos 2,5 litros de água todo dia. É possível que nem assim ela consiga ter a quantidade adequada de vitaminas e minerais em seu organismo.

A questão é que nossa alimentação, antes de tudo, não é perfeitamente calculada de acordo com nutrientes. Um dia, você vai comer arroz e feijão. No outro, vai comer salada. À noite, vai pedir uma pizza. Em certas ocasiões, não vai ter tempo de almoçar, e terá que apelar para um lanche. E quase nunca vai se hidratar da forma adequada.

Outra questão importante é que uma vitamina regula a ingestão de outro mineral, por exemplo. Logo, mesmo que você consuma muito ferro, de nada vai adiantar se todo o restante da alimentação não estiver equilibrado. E nos dias de hoje, isso é bastante difícil.

Nossa rotina alimentar se transformou ao longo dos anos. Os industrializados possuem menos nutrientes e muitas calorias vazias. Dessa forma, a suplementação funciona como uma forma de suprir essas importantes mudanças.

 

Quais são os Benefícios de tomar Multivitamínicos?

Além de ajudar a preencher a lacuna de nutrientes, o consumo de multivitamínicos conta com outras vantagens. Desenvolvidos com alta qualidade e tecnologia, são seguros e contam com apenas benefícios como:

- Não contém glúten;
- Oferece disposição e equilíbrio;
- Auxilio na regeneração e combate contra o envelhecimento celular;
- Ação antioxidante;
- Reforça o sistema imunológico;
- Promove a manutenção, melhor funcionamento e limpeza do organismo;
- Resistência muscular, disposição, saúde e equilíbrio.

Esses efeitos podem ser sentidos em questão de dias ou semanas. O aumento na disposição e sensação de bem estar costumam ser os primeiros benefícios sentidos por quem consome os suplementos.

 

Quais são os Efeitos Colaterais de um Multivitamínico?

Uma das principais preocupações ao ingerir qualquer produto é com os efeitos colaterais. E isso é muito importante. No entanto, não há motivo para se preocupar em relação a suplementos naturais. Um multivitamínico é como uma concentração de nutrientes da alimentação.

Em vez de ter que comer 3 conchas de feijão todos os dias para ter a quantidade ideal de ferro, você consegue esse valor por meio de uma cápsula. Em resumo, isso significa que os efeitos colaterais negativo são praticamente nulos. É possível que pessoas com alergia a alguma enzima possam desenvolver alguma reação, no entanto, é bastante raro.

Na verdade, o efeito mais comum é sempre positivo mesmo. Há quem sinta diferença estética, com a pele mais bonita e o cabelo mais forte, por exemplo. E também quem perceba mudanças em sua qualidade de vida direta. A sensação de mais disposição está diretamente relacionada a um organismo equilibrado e saudável.

 

Como tomar o Multivitamínico?

O ponto de partida para tomar um multivitamínico é definir qual é a sua necessidade de suplementação. É comum que médicos receitem esse tipo de produto ao perceber sintomas de fadiga, por exemplo.

Para quem não vai passar por tratamento médico, é possível consumir os suplementos com tranquilidade. Mesmo sem sintomas, se trata de uma oportunidade de prevenção. Para quem tem histórico de doenças na família, é uma forma a mais de cuidado com a saúde.

Em geral, o recomendado é consumir de 1 a 2 cápsulas ao dia ou de acordo com a orientação profissional.

 

Porque fazer uso de Suplementação Natural

Muitas pessoas se sentem culpadas ao não conseguir se cuidar da forma como deveriam. E nisso a suplementação natural é uma grande aliada. Ainda que você não tenha uma rotina regrada, com alimentação equilibrada e atividade física, será possível manter o organismo bem cuidado.

Vale dizer que um suplemento multivitamínico não tem consequências como remédios, por exemplo. São, essencialmente, aliados para que o organismo fique mais forte, se risco de vícios ou algo do tipo.

Em geral, são apenas vantagens como:
- mais disposição;
- melhor saúde física;
- melhor saúde mental;
- sensação de autocuidado;
- aumento na autoestima;
- melhora no condicionamento;
- menos cansaço;
- mais consciência corporal.

Ao perceber as melhorias, é comum também que as pessoas se sintam atraídas a uma vida mais saudável. É natural que uma pessoa que faz suplementação comece a fazer exercícios.

Como seu corpo está mais forte, a mente sente que é hora de sair da zona de conforto também.

Em resumo, o uso de multivitamínicos permite que o organismo se fortaleça como um todo. Com a ajuda de vitaminas e minerais, é possível que corpo e mente fiquem mais saudáveis sem qualquer efeito colateral negativo ou indesejado.