Óleo de Cártamo (LA/CLA)

Óleo de Cártamo

Tem gente que acha que o Óleo de Cártamo tem algo a ver com "cartilagem de tubarão". Nada disso. O Cártamo é uma planta asiática, parente do girassol. Dela se extrai o óleo tão famoso entre o mundo da beleza e da saúde. Isso porque ele possui um alto poder de destruir a gordura localizada levando as toxinas para a urina.

O Óleo de Cártamo possui ômega 6 e ômega 9, duas substâncias importantes para ajudar na manutenção de um corpo saudável. Para as mulheres, a dica top do Óleo de Cártamo é que ele é antioxidante, ideal para prevenir o envelhecimento e principalmente a celulite, pois ele age de forma intensa nas inflamações. A celulite, que se trata de uma inflamação, acaba sendo reduzida, melhorando muito o aspecto da pele principalmente nas regiões das pernas e do bumbum.

Como o Óleo de Cártamo funciona?

O óleo de Cártamo ajuda na lipólise, claro, você cooperar, tendo hábitos saudáveis, como a prática de exercícios regulares, o consumo ideal de água por dia e uma boa alimentação.

Por isso, se você está acostumado a ingerir alimentos bem gordurosos ou doces em excesso, perca esse hábito para depois iniciar o consumo do Óleo de Cártamo. Caso contrário, os resultados que poderiam aparecer rapidamente vão demorar cada vez mais para surgirem. Seja para o "pneuzinho lateral" ou para a famosa "barriguinha", esse grande parceiro das mulheres e dos homens já faz sucesso mundialmente.

Dica da Nature Center

Tem gente que consome o Óleo de Cártamo em frituras, o que não é recomendado. Pois quando se aquece o óleo, ele atinge um grau muito alto de temperatura, eliminando nutrientes. Por isso, se você tiver Óleo de Cártamo em garrafas para usar com alimentos, prefira o uso dele de forma fria, para temperar saladas, por exemplo.

Se você puder, prefira o consumo desse óleo em cápsulas, uma vez que elas são prensadas a frio e quando ingeridas liberam todos os nutrientes direto em seu estômago, sem alterar nenhuma propriedade do produto.

Quem pode tomar?

O Óleo de Cártamo não deve ser ingerido por pessoas que possuem a circunferência abdominal muito grande, afinal você precisa saber se o tamanho da sua barriga é por excesso de alimentos incorretos e maus hábitos, ou por outro problema de saúde. Verifique primeiro com seu médico em qual quadro você se encaixa e somente depois consuma o produto com tranqüilidade.

Por exemplo, se você possui problemas de fígado, consulte seu médico e veja se ele aprova o consumo do óleo, visto que se trata de uma gordura. Sendo aprovado, consuma com moderação.

Outro ponto importante é respeitar o nível de consumo do Óleo de Cártamo. Muitas pessoas aumentam as doses pensando em acelerar o processo da lipólise, o que não é verdade e, dependendo de cada organismo, essa ação pode trazer desconfortos abdominais, fortes diarréias e intoxicação.

Como tomar Óleo de Cártamo?

Como o Óleo de Cártamo aumenta o metabolismo, evite tomar antes de deitar e dormir. Tome antes do almoço e antes do jantar no máximo até as 20h, evitando perder o sono.

Lembre-se!
É muito comum algumas pessoas comprarem produtos que auxiliam na lipólise ou no na manutenção de medidas saudáveis e tomarem somente na primeira semana.

Não desanime!
Nenhuma mudança em seu corpo acontece da noite para o dia, afinal você demorou algumas semanas ou até meses para ganhar "gordurinha por gordurinha", por isso para começar a eliminá-las vá com calma e respeite o tempo de seu organismo. Siga tomando suas cápsulas com foco e determinação.

ATENÇÃO !!

Lembre-se de conversar com seu médico antes de tomar qualquer tipo de vitamina nutricional ou suplemento alimentar, já que alguns ingredientes podem interagir com as condições de saúde pré-existentes ou quaisquer outros suplementos que o consumidor já esteja consumindo