Televendas: (31) 3063-8989
Central de Atendimento
(31) 3063-8989 (31) 98462-5344 @ sac@naturecenter.com.br Segunda à Sexta-feira de 8h às 19h.
Sábado de 9h às 13h.
Mostrando 12 Produtos em 1 páginas
Mostrando 12 Produtos em 1 páginas

Cálcio

O Cálcio é um elemento químico da família dos alcalino-terrosos responsável por manter as células e dar força e resistência aos ossos do organismo como também aos dentes. Ele deve ser ingerido ao longo da vida e na quantidade certa para impedir o aparecimento de doenças causadas pela sua falta.

O mineral é o componente principal para a formação dos ossos e a sua ingestão deve ser feita nas primeiras e mais importantes fases da vida: na infância e na adolescência. Mas, os seus benefícios não param por aí, ele é fundamental também na fase adulta e na terceira idade por contribuir na prevenção do risco de o organismo desenvolver osteoporose ou sofrer fraturas por conta de quedas, muito comum em pessoas com idade mais avançada.

Além da formação óssea, o metal também é importante em outros processos metabólicos como na ação provinda do estímulo dos músculos e transmissão dos impulsos nervosos, na coagulação do sangue, na secreção hormonal, na ativação das enzimas, controle da pressão arterial e na contração muscular.

Conforme as fases da vida vai passando, o organismo faz uma reserva óssea durante esse período para ser usada na fase adulta. Essa reserva é muito importante para as mulheres que sofrem com os hormônios e com a chegada da menopausa esse quadro se agrava, pois, a diminuição da produção dos hormônios femininos vai enfraquecer os ossos podendo provocar a osteoporose

 

Como devo obter o Cálcio?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que é preciso consumir Cálcio todos os dias para se obter uma quantidade necessária do metal no corpo. Esse consumo deve variar entre 300 mg e 400 mg por dia, porém, a proporção vai variar ao longo da vida e a sua dependência passa por todas as suas fases, da infância à terceira idade, e principalmente na vida da mulher no período da gestação.

Mas que alimentos devo consumir para obter o mineral? Por muito tempo as pessoas acreditaram que o leite era a fonte principal desse metal, porém, muitos outros alimentos garantem a sua ingestão para dentro do organismo.

Os vegetais ricos em Cálcio são a soja, o cereal de milho, a chia, o grão-de-bico, os brócolis, a quinoa, o gergelim, a sardinha, etc. As folhas escuras também possuem o mineral e entre elas estão a rúcula, a couve, a mostarda e a acelga chinesa.

O feijão branco possui 240 miligramas do nutriente a cada 100g do alimento. É importante deixá-lo de molho na água com temperatura ambiente antes do preparo para eliminar o ácido fítico, uma substância que pode prejudicar o organismo de absorver o zinco, o ferro, além desse metal.

As ervas secas também concentram grande quantidade do mineral, o manjericão seco, por exemplo, é o campeão da categoria com 2240 miligrama de Ca a cada 100 gramas. Já o alecrim seco e o tomilho apresentam a cada 100 gramas do produto 1280 mg e 1890 mg respectivamente.

Os laticínios, grupo alimentar ao qual o leite pertence, também são fontes desse nutriente como o iogurte e os queijos, por exemplo.

Além da ingestão do cálcio, é importante que a vitamina D esteja em bons níveis no corpo, pois ela é responsável por controlar os níveis do mineral adequadamente no organismo. Assim como é necessário evitar o sal em excesso e os alimentos ricos em sódio, pois eles comprometem a absorção do nutriente pelo corpo

 

Quando devo tomar o suplemento de cálcio?

Muitos alimentos são ricos em Cálcio, porém, alguns fatores dificultam o organismo na hora de aproveitar os benefícios desse metal. A ingestão em excesso de gorduras, os refrigerantes, o chocolate, o estresse e o envelhecimento são alguns desses fatores.

Se a alimentação também não estiver fornecendo as quantidades necessárias para o organismo por causa de algum distúrbio na hora da absorção ou da eliminação o nutriente será tirado dos ossos e levado para a corrente sanguínea, o que vai ocasionar a fragilidade óssea.

Por isso em muitos casos é necessário a suplementação do mineral, principalmente pelas pessoas que não consomem de forma adequada o nutriente, para que seja suprida a sua falta no organismo e evitar o aparecimento dos problemas que afetam a saúde humana.

Atletas e pacientes orientados por profissionais da saúde a ingerirem maior quantidade desse mineral também contam com suplementos naturais que podem ser encontrados em lojas especializadas em três tipos: cálcio de origem mineral, animal e vegetal.

Mulheres que fazem reposição hormonal precisam suplementar com cálcio para evitar a osteoporose, somente com a ajuda dos suplementos o risco da doença será reduzido de fato.

Embora o mineral seja muito importante para o corpo, vale informar que é preciso orientação médica ou de um nutricionista para começar a tomar suplementos de cálcio, pois o excesso do nutriente pode ocasionar alguns problemas considerados graves como a pedra nos rins, por exemplo.


 

Visitados

O que falam sobre nós

Acesse
o blog