Televendas: (31) 3063-8989
Central de Atendimento
(31) 3063-8989 (31) 98462-5344 @ sac@naturecenter.com.br Segunda à Sexta-feira de 8h às 19h.
Sábado de 9h às 13h.
Mostrando 8 Produtos em 1 páginas
Mostrando 8 Produtos em 1 páginas

Açafrão - Saiba tudo sobre!

O açafrão ou cúrcuma, como é comumente chamado, tem origem indiana e conquistou populações do mundo inteiro.

É conhecido por suas propriedades medicinais e é amplamente utilizado na culinária, como tempero ou corante. Esse suplemento ainda finalidades dermatológicas, cosméticas e religiosas. Como suplemento medicinal é registrado pela ANVISA e traz inúmeros benefícios à saúde.

Aqui explicaremos o que é, para que serve, onde encontrar, como consumir, os benefícios e efeitos colaterais desse tempero que tem conquistado a cozinha dos brasileiros e despertado o interesse de médicos e cientistas.

 

Açafrão - O que é?

Açafrão, cúrcuma ou açafrão da terra, é uma planta que pertence à mesma família do gengibre e pode ser confundido com este, em algumas regiões chega a ser chamado de gengibre amarelo.

A Classificação científica do Açafrão é a seguinte:

- Nome científico: Curcuma longa L.;
- Família: Zingiberaceae;
- Espécie: C. longa;
- Classe: Liliopsida;
- Reino: Plantae.

A sua raiz é utilizada a décadas na produção de corantes de alimentos e como tempero. Ela possui inúmeras propriedades medicinais, as quais serão citadas mais adiante.

Atualmente está incluída na Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao Sistema Único de Saúde - RENISUS como um suplemento de grande interesse para o complementar o tratamento das mais diversas enfermidades.

 

Características do Açafrão

A planta é bastante pequena com ramificações laterais compridas e chega a no máximo 80 cm de comprimento. Assim, pode ser cultivada facilmente em vasos, desde que este tenha ao menos 30 cm de altura. A planta deve ficar exposta ao sol e necessita de solo bem drenado.

 

Raiz

A parte que é utilizada para a produção do tempero, é a raiz, a qual no mundo científico denominado de rizoma. Está tem cor amarelada em seu interior, com a casca que varia entre o esbranquiçado e o acinzentado.

 

Reprodução do Açafrão

A reprodução se dá por meio do plantio de pedaços do rizoma, é importante notar se no pedaço escolhido tem gemas, conhecidas popularmente por olhos. Essas gemas consistem basicamente em uma protuberância de onde poderá emergir uma raiz. Em um solo argiloso, fértil e bem drenado o broto se desenvolve facilmente.

 

Colheita

A colheita deve ocorrer após a floração, no momento que a planta perde a parte aérea, pois é quando os rizomas estão com pigmentos amarelo intenso.

 

Contexto histórico

O açafrão é cultivado na Ásia, continente de origem, desde a antiguidade e chegou ao Brasil na época das grandes navegações.

Atualmente, o município de Mara Rosa, em Goiás é considerada a capital do tempero. Isso devido a grande quantidade de açafrão que é cultivado na região.

Na Índia tem-se a maior produção dessa planta medicinal e é o país com a maior exportação e consumo mundial dela.

 

Açafrão - Onde encontrar?

O Açafrão é facilmente cultivada em regiões tropicais (região onde o clima é mais quente da terra). Por isso, faz tanto sucesso nos continentes cortados pela linha do Equador. Ele pode ser ainda cultivado em casa de maneira bastante simples, em vasos ou diretamente no solo do tipo argiloso e bem drenado.

 

Açafrão - Para que serve?

O açafrão é considerado uma erva medicinal por possuir propriedades antioxidantes, antimicrobianas, anti-inflamatórias, imunomoduladoras, antineoplásicas, cardioprotetoras, hepatoprotetoras, hipoglicêmicas e efeitos antirreumáticos.

Essa erva medicinal tem inúmeras utilidades. Além de ser um poderoso suplemento natural, é amplamente utilizada na culinária, principalmente indiana, asiática e brasileira. Essa planta ainda é matéria prima de diversos cosméticos.

 

Propriedades estudadas

Diante de todas as suas propriedades, ela também é uma planta com fácil acesso e preço baixo. Por ter todas essas propriedades, o açafrão é objeto de estudos nutricionais, medicinais, farmacológicos, dermatológicos, dentre outros.

 

Tempero

Na culinária, é usado como corante em pães, massas, queijos, biscoitos, margarinas e em alguns alimentos industrializados.

É, também, acrescentado em alguns temperos bastante conhecidos, tais como o curry e o caril indiano, ou mesmo usado sem combinações.

 

Suplemento alimentar

Na indústria farmacológica, pode ser encontrado em forma de suplemento alimentar. No entanto, quando o suplemento tem o açafrão como componente majoritário, muitos pesquisadores alertam que a absorção e eliminação ocorre mais rapidamente.

Logo, este suplemento alimentar já dispõe de elementos que retardam a absorção ou deve ser tomado com a atenção redobrada. Por isso, é de suma importância buscar orientação de um profissional habilitado.

Muitos dos efeitos medicinais das propriedades da erva ainda são estudadas. O uso do açafrão como suplemento alimentar em pessoas que estão tratando diversas doenças tem se ampliado e tende a crescer cada vez mais.

 

Açafrão - Como tomar?

Pode ser utilizado fresco, ralado ou em pó como tempero de muito pratos. Na culinária brasileira comum, pode ser usado para temperar carnes, peixes, sopas e até mesmo arroz. Dentre muitas opções que a criatividade nos permite experimentar.

Nesses casos, recomenda-se o uso de cerca de 8 gramas, o que equivale a duas colheres de sopa, diariamente.

 

Com temperos

Pode ainda ser combinada com outros temperos, como a pimenta do reino preta. Este tipo de pimenta tem uma substância denominada piperina, que é capaz de aumentar o tempo do açafrão no organismo.

Além disso, o sabor do açafrão é intensificado com sementes de coentro, cravo-da-índia, cardamomo, noz-moscada e gengibre.

 

Como chá e gelo com sabor

Não muito comum, mas bastante eficaz. O chá do açafrão pode ser transformado em gelo e utilizado para dar sabor a água, sucos ou vitaminas. Para isto, basta bater a raiz com água, despejar em cubas e levar ao congelador.

Em alguns países, como o Japão, essa erva medicinal é tradicionalmente tomada sob a forma de chá. Para fazer o chá do açafrão coloque duas colheres de sopa do pó da erva em um litro de água fervida, e deixe ainda no fogo por mais 10 minutos.

Pode ser acrescentado gengibre ralado, mel ou limão. Após os 10 min, abafar até que atinja uma temperatura suportável a ingestão. Depois é só coar e tomar.

 

Como suplemento alimentar

Outra forma de introduzir a ingestão diária dessa planta é através da forma de suplemento alimentar em forma de cápsulas. É uma forma fácil de inseri-lo na sua rotina e usufruir de suas propriedades para a sua saúde.

 

Açafrão - Composição

O rizoma do açafrão é possui em sua constituição um óleo essencial rico em sesquiterpenos oxigenados, e três curcuminoides, como a curcumina, desintoxicurcumina e bisdemetoxicurcumina, este tem diferentes atividades biológicas.

A curcumina é utilizada na indústria alimentícia, cosmética e farmacológica, na aromaterapia, medicina tradicional e fitoterapia.

Na primeira é usada como conservante, corante, tempero, suplemento, termogênico, ou inibidor de apetite. Nas outras, é a matéria prima na produção de cremes, pomadas e óleos essenciais, na indústria da beleza.

Essa erva medicinal possui as seguintes propriedades a seguir:

- Antioxidante;
- Anticoagulante
- Antiviral;
- Neuroprotetora;
- Anti-inflamatório.

Com sabores e aromas atípicos é comumente utilizada na aromaterapia. Na medicina tradicional é utilizado em forma de chá, de cocção, maceração e infusão. Já na fitoterapia é componente de extratos, óleos, chás, cremes, pomadas e comprimidos.

É importante ressaltar que a composição química da erva pode sofrer alterações de acordo com as condições do solo, adubação, clima, irrigação, colheita, armazenamento, e até mesmo transporte. Por isso, é de suma importância adquirir um produto que tenha certificado e garantia de qualidade.

 

Açafrão - Efeitos colaterais

O uso de suplementos a base de açafrão é contraindicado durante gestação, amamentação e para crianças com menos de 4 anos de idade.

Vale ressaltar que o uso suplementos do açafrão não pode ser combinado com medicamentos alopáticos (medicamentos produzidos a partir de compostos químicos). Pois a interação entre estes pode interferir na absorção, acelerar o metabolismo e reduzir os efeitos. Em casos mais graves, pode resultar em hemorragias.

 

Acompanhamento especializado

Assim, antes de se adquirir qualquer suplemento medicinal, é fundamental realizar uma consulta com um profissional habilitado, principalmente em casos onde o paciente já faz algum tipo de tratamento.

Não se engane com o velho ditado “se é natural, mal não faz”. Procure sempre orientação de um profissional.

 

Açafrão - Benefícios e vantagens

Como já citado, o açafrão apresenta propriedades medicinais altamente abrangentes. Com ações antibacteriana, terapêuticas, antimicrobiana, antifúngica, anticoagulante, antiapótica, antidispéptica, antiapoptosa, antimalárica, antiamiloidogênica,antiflatulenta, antiespasmódica, nematocida, leishmanicida, esquistossomicida, hipolipemiante, calagoga, cicatrizante, colerética, neuroprotetora, imunomoduladora, tripanocida, dentre outras. É aplicada do tratamento de diversas doenças.

Alguns dos usos e benefícios medicinais mais comuns do açafrão serão apresentados adiante.

 

Combate reumatismo

A artrite e artrose, doenças reumáticas, consistem em inflamações. Como já citado, a curcumina tem propriedade anti-inflamatória e age diretamente nos músculos, nervos e ossos.

Dessa forma, a inflamação é reduzida, os movimentos articulares são melhorados e tem-se alívio das dores.

 

Reduz dores musculares

É um suplemento medicinal que é bastante procurado por praticantes de atividades físicas intensivas, o açafrão reduz contrações e danos musculares advindos da realização de exercícios físicos intensos.

Isso porque o suplemento natural estimula a produção de espécies reativas de oxigênio. Isso aumenta o desempenho em atividades esportivas.

No entanto, ainda não se tem estudos que analisem o uso integral da cúrcuma. Assim, é fundamental buscar uma orientação médica.

 

Combate inflamações intestinais

O açafrão atua diretamente nas proteínas do muco, as quais são responsáveis pela defesa do intestino. Tem também ação inibidora da atividade de algumas enzimas, tais como a ciclooxigenase e lipooxigenase.

Assim, distúrbios no trato gastrointestinal, inclui os órgãos afetados (estomago, intestino, esôfago, fígado, pâncreas até mesmo a vesícula) são beneficiados com as propriedades hepatoprotetoras e anti-inflamatórias.

Por tanto, o uso do açafrão elimina elementos tóxicos do organismo e tende a prevenir o desenvolvimento de doenças como gastrite, constipação, úlcera, pedras nas vesículas, cálculos biliares, dentre outros.

 

Combate ao câncer

As curcuminas tem propriedades inibitórias de substâncias carcinogênicas, como o 12-O- tetradecanoilforbol-13-acetato, que é responsável pelo desenvolvimento de tumores na pele, e assim gerar o câncer de pele.

Cientificamente é atestado que a propriedade também pode inibir o acetoxi-metil- nitrosamina, o qual é responsável pelo desenvolvimento de tumores na boca e o sistema gástrico; e o azoximetanol, que desenvolve tumores no cólon.

Embora tenha ação sobre a retardamento no processo de metástase (processo de divisão das células cancerígenas) ainda não existem estudos que atestem o uso do açafrão na cura do câncer.

Ainda é utilizado para prevenção, retardamento da metástase ou mesmo por que suas propriedades fortalecem as células, e deixa o paciente mais resistente a tratamentos de fisioterapia ou quimioterapia.

 

Combate doenças virais

Atualmente, têm-se estudos em andamento que objetivam a testar as funcionalidades das propriedades do açafrão diante de doenças virais que afetam a imunidade, tais como o HIV, causado pelo Vírus da Imunodeficiência Humana.

 

Anti-inflamatório natural

Como anti-inflamatório, a curcumina age diretamente na cascata do ácido araquidônico. Assim, de forma modular e com vários processos biológicos, interfere a atividade de células inflamatórias e sinalizadores modulares. Que podem gerar dores e a sensação de conforto e bem-estar. Ele atenua as cólicas menstruais, desconfortos abdominais e reduz sintomas da menopausa.

 

Melhora da memória

As propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes do açafrão também agem no cérebro, estimulam a circulação sanguínea, limpam os vasos e estimulam a oxigenação.

Dessa forma, são removidas placas que se acredita serem originárias do mal de Alzheimer, o que proporciona bem-estar.

 

Açafrão - Onde Comprar?

É possível encontrar açafrão sob diferentes formas e como componente de diversos produtos, inclusive cosméticos. Assim, pode ser comprado in natura, como pó, cápsulas, comprimidos, bebidas energéticas, e cosméticos, tais como sabonetes e pomadas.

É facilmente encontrado em farmácias, lojas de produtos naturais, físicas ou virtuais. Como por exemplo, Lojas de suplementos virtuais, como a Nature Center.

Em forma de tempero, pode ser adquirido em lojas de condimentos ou mesmo em supermercados.

Ao buscar suplementos em cápsulas, atente-se a bula. Pois o açafrão é rapidamente absorvido e eliminado, no entanto, quando acrescido de piperina este tem maior biodisponibilidade no organismo.

Antes de consumir em cápsulas buscar orientação de um profissional habilitado.

 

Garantia de qualidade

O açafrão faz parte da RENISUS. Nesta, estão listadas todas as plantas medicinais fitoterápicas que podem ser utilizadas na medicina alternativa, em fármacos, aplicadas em tratamentos ou mesmo utilizadas como suplementos naturais.


 

Visitados

O que falam sobre nós

Acesse
o blog