Televendas: (31) 3063-8989
Central de Atendimento
(31) 3063-8989 (31) 98462-5344 @ sac@naturecenter.com.br Segunda à Sexta-feira de 8h às 19h.
Sábado de 9h às 13h.
Mostrando 5 Produtos em 1 páginas
Tribulus Terrestris Dr. Lair UpNutri é um estimulante natural em cápsulas composto por alto teor e pureza de Tribulus. O Tribulus Terrestris contribui para aumentar libido e ganho de massa muscular.
UpNutri
Product ID: 3371
Product SKU: 3371
New In stock />
Tribulus Terrestris - 60 Cápsulas - Dr. Lair UpNutri
Testomax 1000 BioNutri é um composto afrodisíaco natural de Maca Peruana e Tribulus Terrestris. Testomax 1000 auxilia no maior desejo, desempenho e vigor na relação a dois.
BioNutri
Product ID: 3455
Product SKU: 3455
New In stock />
Testomax 1000 - 120 Cápsulas - BioNutri
Tribulus Terrestris Clinic Mais é um suplemento em cápsulas composto por máxima concentração e pureza de Tribulus. O Tribulus Terrestris auxilia na melhora da libido e ganho de massa muscular.
ClinicMais
Product ID: 3309
Product SKU: 3309
New In stock />
Tribulus Terrestris MTC - 60 Cápsulas - ClinicMais
Tribuli Frucutus 60 Cápsulas Maxinutri é um suplemento natural com alto teor de Tribulus Terrestris, que auxilia no melhor desempenho sexual e contribui para ganho de massa muscular.
Maxinutri
Product ID: 3523
Product SKU: 3523
New In stock />
Tribuli Fructus (Tribulus Terrrestris) - 60 Cápsulas - Maxinutri
Dilatax Premium BioNutri é um suplemento que possui Maca Peruana, Tribullus Terrestris e Ginkgo Biloba. Dilatax auxilia na melhora da resistência física e também no desempenho sexual.
BioNutri
Product ID: 3467
Product SKU: 3467
New In stock />
Dilatax Premium - 120 Cápsulas - BioNutri
Mostrando 5 Produtos em 1 páginas

Tribulus Terrestris

O tribulus terrestris é uma erva daninha, pertencente à família Zygophyllaceae, e comumente cultivada em regiões quentes. Ela é constantemente utilizada como estimulante sexual, e também, segundo estudos, pode ser consumida para controle da pressão arterial, para a redução dos níveis de triglicerídeos e como forma de ajudar, significativamente, no ganho de massa muscular.

O tribulus terrestris tem em sua composição, a substância protodioscina, que é a protagonista responsável por todos os benefícios proporcionados pela erva. Pesquisas acreditam que a protodioscina promove a produção de outra substância, que é conhecida como óxido nítrico. Ela, por sua vez, possui um conhecido efeito vasodilatador, o que se fez acreditar que a tribulus terrestris teria o poder de reduzir a pressão arterial. Estes estudos já foram feitos em animais. Em seres humanos, testaram também a capacidade da erva daninha em contribuir favoravelmente a uma ereção mais longa e duradoura.

A protodioscina existente na composição da tribulus terrestris ainda é responsável por inibir a enzima conversora de angiotensina. Esta enzima, quando produzida em grande escala, pode levar ao aumento da pressão arterial, o que é muito prejudicial para quem padece de doenças como hipertensão.

Além do mais, a protodioscina existente na erva daninha pode, também, provocar o estímulo da geração do hormônio LH, que se encontra no testículo do homem. Este hormônio, quando estimulado, provoca um aumento na produção de testosterona, favorecendo a ereção de maneira natural.

 

Estudos em andamento sobre Tribulus Terrestris

Erva é aliada da ereção e vida sexual:

Estudos e pesquisas finalizados e comprovados sobre a tribulus terrestris garantem sua participação em uma vida sexual mais agitada, feliz e saudável. E o melhor de tudo é que seu estímulo sexual para homens acontece de maneira natural, sendo muito mais benefício à saúde masculina do que proporcionadores de ereção químicos e industrializados. Isso provavelmente ocorre devido ao efeito vasodilatador provocado pela tribulus terrestris, que possui protodioscina. Essa substância também aumenta, ainda que levemente, os efeitos de testosterona, hormônio masculino aliado de uma ereção mais duradoura. No entanto, o aumento da testosterona só foi, por enquanto, confirmado em pesquisas com animais, não tendo sido ainda realizado em seres humanos.

O aumento da libido por meio da erva:

O tribulus terrestris também traz outro apontamento através de pesquisas realizadas em seres humanos. A erva contribui significativamente para o aumento da libido, ou seja, estimula o apetite sexual. Ainda que não tenha sido confirmada uma elevação da testosterona (hormônio masculino) nas pesquisas feitas em humanos (e sim em animais), pode-se afirmar que esta libido de fato aumente porque a erva daninha tem poder de potencializar um crescimento transitório do hormônio. Assim sendo, seria difícil conseguir confirmar uma elevação do mesmo em humanos nas pesquisas levantadas.

A planta também estimula a fertilidade:

Pesquisas conduzem a ideia de que a tribulus terrestris contribui positivamente para o fenômeno conhecido como espermatogênese, ou seja, a criação de espermatozoides, nos homens. Nas mulheres, a planta também auxilia na melhoria da ovulação, o que faz com que a erva daninha possa ser apontada como aliada da fertilidade para casais que planejam engravidar.

Redução de pressão arterial:

Aos pacientes hipertensos, é recomendado que fiquem de olho nas novidades sobre a tribulus terrestris. Estudos concluídos em animais apontaram que a erva daninha contribui sim para a redução da pressão arterial, o que pode ser explicado por duas diferentes razões. A protodioscina presente na planta estimula outra substância conhecida como óxido nítrico, que em suas propriedades, é rica em causar um efeito vasodilatador. Ela também é responsável por inibir a enzima conversora de angiotensina, que quando presente em generosas quantidades no organismo causa o aumento significativo da pressão arterial.

A tribulus terrestris atua no controle do triglicerídeos:

Mais algumas pesquisas realizadas em animais perceberam que a tribulus terrestris contribui para a reduzir a glicose na corrente sanguínea dos ratos. No entanto, os estudiosos do assunto ainda não entenderam qual foi o mecanismo que proporcionou esta consequência. Ainda que a erva daninha seja visivelmente apontada como aliada no ganho de massa muscular, os testes realizados em humanos não constataram com certeza o motivo que que leva a isso. Em animais, todavia, foi confirmado o aumento dos músculos.

 

Tribulus Terrestris em quantidades recomendadas

De olho na orientação médica, a ideia formidável existente é que sejam consumidas três doses de tribulus terrestris durante o dia. Mas isso, claro, pode variar de acordo com a orientação do especialista da área da saúde que tenha receitado o consumo deste fitoterápico.

A erva daninha, normalmente, é ingerida no formato de extrato ou também de cápsula e é vetada a ideia de capturar a planta em sua forma in natura para tentar produzir um chá.

Uma outra dica interessante é consumir cada uma das três doses diárias da tribulus terrestris durante as principais refeições do dia – café da manhã, almoço e jantar.

Para o organismo masculino, existe também outra recomendação: o consumo de tribulus terrestris durante quatro a seis semanas, e depois uma pausa em sua ingestão de duração simultânea, antes de voltar a consumir a erva daninha.

Ainda não foram realizados testes humanos dos efeitos de tribulus terrestris em mulheres, apenas em homens. Portanto, os cientistas ainda não podem afirmar com certeza, mas acreditam, com convicção, que a erva medicinal também pode contribuir beneficamente para o aumento da libido das mulheres. As pessoas do sexo feminino que desejarem consumir tribulus terrestris devem sempre interromper o uso cerca de cinco dias antes do início do ciclo menstrual, e só retornar ao hábito após o fim da menstruação.

 

Cuidados com o Tribulus Terrestris

A tribulus terrestris é um tipo de tratamento alternativo fitoterápico indicado em alguns casos, como homens com dificuldades de ereção, e também pessoas que apresentarem uma queda em seu quadro hormonal.

No entanto, a erva medicinal só deve ser consumida em casos de recomendação médica. No entanto, como em tudo que utilizamos para beneficiar nossa saúde, a tribulus terrestris também encontra algumas restrições e contraindicações. Pessoas que estejam enfrentando qualquer tipo de câncer, por exemplo, devem evitar o uso da planta medicinal. Já mulheres com alterações na suprarrenal, ou com excesso de pelos no corpo, ou então com problemas de hipertrofia do clitóris, com quedas de cabelos, com pele oleosa ou com síndromes de angroginia também não devem consumir a tribulus terrestris.

A erva daninha não é indicada também para mulheres grávidas, lactantes e para crianças.

Seu uso, quando em excesso ou por tempo prolongado, também apresenta problemas e complicações à saúde humana. Em mulheres, a tribulus terrestris em níveis exagerados pode causar o aumento do clitóris, alterações indesejadas no ciclo menstrual, aparição de acnes, aumento dos pelos e infertilidade.

Já em pacientes do sexo masculino que utilizem a erva daninha em quantidades acima do recomendado pelos médicos, podem surgir consequências severas, como o câncer de próstata ou câncer de testículo. Também são previstas pioras nestes dois quadros quando o homem consome a erva daninha durante o tratamento contra o câncer.

 

De olho em outros benefícios da Tribulus Terrestris

O bom uso de tribulus terrestris pode registrar o aumento do desempenho esportivo e estimular o ganho de massa muscular. Sua ação afrodisíaca, além de como já anteriormente mencionado, ser eficaz na saúde masculina, também apresenta desempenho benéfico para combater a disfunção sexual, sobretudo em mulheres pós-menopausa. Existem também alguns estudos que dão conta de que o consumo da erva medicinal também pode ser um forte aliado na prevenção e combate à diabetes.

Em razão disso, surgem alguns mitos quanto às consequências provocadas pelo uso da tributus terrestris. Como a erva medicinal ajuda no ganho e aumento de massa muscular e também contribui para o crescimento dos níveis de hormônios como testosterona no organismo, atribui-se à planta a ideia de que sua ingestão possa engordar. Mas isso é boato: o que acontece, é justamente o contrário! A tribulus terrestris pode, inclusive, ajudar na definição corporal, por conseguir transformar massa gorda em massa magra.

Além do mais, a erva daninha pode ajudar na redução do inchaço do corpo, uma vez que possui forte ação diurética, ajudando a diminuir e reter os líquidos concentrados no organismo.

O cuidado quanto ao seu consumo e o consequente acompanhamento médico deve ser sempre reforçado. Existem, por exemplo, algumas pesquisas isoladas, ainda não comprovadas cientificamente, que dão conta de que a planta pode causar toxicidade e ginecomastia (aumento do volume das mamas nos homens). Conversar sempre abertamente com seu médico e seu nutricionista evita qualquer tipo de transtorno.

 

Tribulus Terrestris e a fitoterapia

Você já ouviu falar em fitoterapia? Não? É exatamente essa vertente natural da medicina que promove que diversos problemas e questões da saúde humana sejam resolvidos de maneira medicinal natural, sem os riscos da agressão ao organismo decorrente de componentes químicos da medicação tradicional industrializada.

A fitoterapia, nada mais é, do que a produção de medicamentos a partir da extração de folhas, sementes, cascas, frutos e flores. É um verdadeiro sucesso de público e crítica há muitos e muitos anos, e fazem parte de importante segmento da cultura de diversos povos.

De olho nisso, pode-se elencar algumas outras produções da mãe natureza que podem servir como aliadas da saúde humana em diversas ramificações.

O gengibre, por exemplo, é bastante comum na nossa gastronomia em função de seu sabor forte, mas o alimento é muito prescrito por médicos da Índia e da China, desde os tempos antigos. Ele é muito utilizado para aliviar enjoos, náuseas, vômitos, para combater sensação de mal-estar, dificuldades de digestão e também previne e combate gripes e resfriados.

Cimicifuga, por sua vez, é uma raiz indicada para aliviar os sintomas da menopausa, como suadouro, vermelhidão, ansiedade, depressão e alterações no humor. Kava-kava também é uma raiz que combate estágios leves e moderados de insônia e de ansiedade, mas é contraindicado para gestantes, crianças, indivíduos com problemas nos fígados e com quadro de depressão.

Valeriana é outra planta que age no sistema nervoso central como forma de aliviar o estresse. Sedativo moderado com efeito hipnótico. Também tem importância no tratamento de distúrbios do sono que estão ligados a quadros de ansiedade. Mas seu uso deve ser feito somente sob prescrição médica.

A garra-de-diabo, apesar do nome assustador, é uma planta de origem africana, que leva esse nome devido ao seu formato. É indicada para aliviar dores moderadas nas articulações e incômodo agudo nas costas, sobretudo na região lombar.

Outros alimentos mais convencionais do nosso dia a dia e que também têm ação medicinal são o alho e a soja. O primeiro é um aliado contra doenças como bronquite, asma, sintomas da gripe e do resfriado, colesterol alto e hipertensão. Já a soja ajuda a aliviar os sintomas da menopausa, como o calor excessivo.

Castanha da Índia é rica em escina, que fortalece os vasos sanguíneos e é indicada para casos de insuficiência venosa e fragilidade dos cabelos. O guaraná, fruta utilizada para a produção, sobretudo de refrigerantes, pode ser consumida para atuar contra fraqueza e cansaço crônico, além de estimular as atividades cerebrais.

O guaraná é isento de prescrição médica, mas é contraindicado a crianças, alérgicos, hipertensos, pessoas com arritmia cardíaca, infecções renais, hipertireoidismo e cirrose hepática.

Camomila, muito utilizada em chás, também é fortemente indicada para aliviar espasmos, ansiedade e atua como sedativo leve, podendo ter ação anti-inflamatória na região da boca.

Calêndula, popularmente conhecida como mal-me-quer, é amplamente utilizada na composição dos cosméticos e tem ação comprovada no tratamento de feridas, varizes, traumatismos e furúnculos.

A unha de gato tem ação anti-inflamatória e também pode ser elencada. Ainda pode-se citar o maracujá, com efeito, levemente sedativo e de combate à ansiedade e estresse, e o boldo, amplamente incluso no preparo de chás, como forma de melhorar a ação digestiva, combater a prisão de ventre e aumentar a secreção da bile, fluido importante na ação da quebra de alimentos pelo organismo.

Em outras palavras, muitas outras raízes, frutas, flores, sementes e plantas possuem ação medicinal, que como a tribulus terrestris, podem ajudar o seu organismo e a sua saúde!


 

Visitados

O que falam sobre nós

Acesse
o blog