Televendas: (31) 3063-8989
Central de Atendimento
(31) 3063-8989 (31) 98462-5344 @ sac@naturecenter.com.br Segunda à Sexta-feira de 8h às 19h.
Sábado de 9h às 13h.
Mostrando 20 Produtos em 1 páginas
Mostrando 20 Produtos em 1 páginas

Zinco

Para manter uma saúde nos padrões normais e saudáveis é essencial que o indivíduo tenha uma alimentação rica em minerais. Porém, o que a maioria das pessoas não sabem é que da imensa lista de nutrientes um deles desempenha um papel importante, o zinco.

Das vantagens que esse nutriente proporciona à saúde, a sua participação está na divisão celular, no sistema imunológico, a recomposição de pele e ferimentos, no sistema reprodutivo, na saúde óssea e na síntese de proteínas.

O mineral não é produzido pelo organismo humano, por isso é preciso fazer uso de fontes externas para a suplementação nutricional para que ele seja levado aos sistemas que dependem dos seus benefícios.

 

Quais são os benefícios do Zinco?

O zinco ao ser um dos principais minerais que são essenciais para que o corpo funcione bem é indicado para prevenir a má digestão, controlar as diabetes e principalmente cuidar da pele, além de agir para proteger diversos sistemas do organismo.

A principal ação desse mineral ocorre no sistema imunológico defendendo o corpo dos vírus, fungos e bactérias. Ele também é antioxidante por diminuir os radicais livres e trabalha para aumentar a atividade da vitamina D7.

Além de cuidar da imunização do corpo ele também contribui para o seu bom funcionamento, pois cerca das 100 diferentes enzimas que vão catalisar as reações químicas que manterão eficientes as funções celulares vão precisar do zinco para a realização dessa ação.

Quando falta o mineral no organismo ele apresenta alguns sintomas tais como distúrbios de atenção, diminuição da concentração e da memória, convulsões e em casos mais graves pode ocasionar distúrbios de comportamento.

A deficiência desse nutriente também pode prejudicar o paladar e a parte digestiva reduzindo a percepção do gosto o que acarretará a redução do apetite e má digestão. O mineral é importante para a produção do ácido clorídrico no processo da digestão.

O zinco auxilia o aumento da vitamina D no organismo que é essencial para a formação dos ossos. A falta do mineral desenvolve a osteoporose e a queda da massa óssea. Ele também ajuda a regular a produção de insulina do corpo.

Além de proteger o organismo contra o aparecimento de doenças e auxiliar diversos sistemas, esse nutriente é bastante importante para a produção de colágeno e para o processo de cicatrização. O colágeno é uma proteína que sustenta a pele o que contribui para a manutenção de uma pele mais saudável.

A falta do mineral pode provocar na pele lesões, envelhecimento precoce, má cicatrização, aparecimento de acnes por causa do aumento da produção do sebo das glândulas sebáceas e de manchas brancas nas unhas.

As pessoas que frequentam academias sejam para a prática esporádica de exercícios físicos ou para os treinos diários também precisam ficar atentas se os níveis desse mineral no organismo estão na dosagem correta.

É durante a atividade física que o organismo se adapta diversas vezes fisiologicamente, precisando de ajustes por conta dessa ação. Também é nessa hora que o metabolismo energético produz em excesso os radicais livres que se não for combatido da forma certa vão prejudicar o desempenho do atleta.

Neste momento que o zinco entra em ação desempenhando um papel muito importante pela ação antioxidante.

 

Como e quando suplementar com Zinco?

Nem sempre o consumo de alimentos ricos em zinco consegue fornecer ao organismo a quantidade suficiente do mineral. Nestes casos, através de uma orientação médica, é necessário implementar à dieta suplementos para ajudar nas doses diárias do que o corpo precisa.

Segundo informações de nutricionistas, alguns indivíduos que sofrem com a falta de absorção do mineral pelo aparelho intestinal (acrodermatite enteropática), transtornos alimentares, diabetes, outras doenças do intestino e doenças renais podem necessitar dos suplementos a base de zinco para compensar a sua falta.

Os indivíduos que praticam exercícios físicos ou os que treinam regularmente precisam da ação do suplemento para controlar o aumento da demanda de radicais livres pela ação dos antioxidantes.

É preciso prestar atenção na sobrecarga de dosagem, pois zinco em excesso também pode prejudicar os sistemas do organismo.

No entanto, levando em consideração os benefícios assim como as advertências é possível alinhar o mineral à dieta e garantir o bom funcionamento de todo o corpo, já que esse nutriente é o mais essencial dentre os demais.


 

Visitados

O que falam sobre nós

Acesse
o blog