Vitamina C

Vitamina C (Ácido Ascórbico)

A Vitamina C foi descoberta no ano de 1932 pelo bioquímico e cientista húngaro Albert Szent- Gyöygyi.

Porém, antes que se compreendesse o que é a vitamina, um médico escocês da Marinha Britânica, James Lind, em 1747 começou a tratar o escorbuto (doença causada pela falta da vitamina) com a ingestão de sucos cítricos. Os resultados foram positivos e isso tornou obrigatório a ingestão de frutas cítricas na marinha a partir de 1795.

Foi somente após 1912, quando o bioquímico polaco-americano Casimir Funk desenvolveu o conceito de vitaminas é que se entendeu melhor essa correlação.

Hoje ela faz parte do grupo das vitaminas hidrossolúveis, isso quer dizer que não se acumula no organismo e acaba sendo eliminada pela urina. Como ela é essencial para a realização de funções do corpo humano é necessário que seja ingerida quantidades diárias para que seus níveis se mantenham adequados.

 

Vitamina C: O que é?

Essa é uma vitamina também conhecida como ácido ascórbico que não pode ser sintetizada pelos serem humanos, mas, necessário para o funcionamento do organismo. Por esse motivo precisa ser obtida por meio da alimentação ou suplementação.

O seu nome científico indica que ele possui propriedades químicas e biológicas e indica que ele é um ácido e que tem a propriedade de proteger contra a doença escorbuto.

Quando consumida ela é absorvida pelo intestino delgado por meio do mecanismo de transporte ativo e distribuída para o organismo.

Esse nutriente participa de processos metabólicos e celulares se tornando indispensável para os seres humanos.

Mais recentemente ela foi adotada pela indústria cosmética por conta de suas propriedades. Normalmente utilizada na forma de pomadas e gel proporciona benefícios para a pele a melhora a sua aparência.

Quando o seu uso e tópico proporciona benefícios apenas no local aplicado e não costuma ser absorvida pelo organismo a ponto de suprir as necessidades diárias.

 

Vitamina C: Onde é Possível Encontrar?

A Vitamina C pode ser encontrada em diversos alimentos, tendo neles uma fonte de fornecimento natural. Algumas frutas e vegetais possuem uma grande concentração desse nutriente e o consumo pode ser suficiente para suprir a demanda diária de até 90 mg conforme a faixa etária.

O ideal é que sejam consumidos crus e frescos, pois, dessa maneira conservam uma maior quantidade de vitamina. No caso de haver cozimento, para que a perda de nutrientes seja menor, o vapor é o método mais indicado.

Outra situação que pode levar as frutas e vegetais a perderem a vitamina é no caso de serem cortados, pois, ocorre a oxidação em contato com o ar. Nesse caso o consumo deve ser imediato após a manipulação.

Dentre os alimentos que possuem uma grande quantidade de nutriente está:
- Acerola
- Batata doce
- Brócolis
- Camu-camu
- Couve de Bruxelas
- Espinafre
- Goji berry
- Goiaba
- Kiwi
- Laranja
- Morango
- Pimentão
- Salsa


 

Vitamina C: Benefícios

Tomar todos os dias essa vitamina pode trazer uma série de benefícios para quem faz uso dela.

A melhora da imunidade é uma delas, isso porque faz com que o sistema imunológico fique fortalecido ao aumentar a produção de glóbulos brancos e anticorpos. Dessa forma é capaz de impedir a atuação de vírus e bactérias no organismo.

A pele tem o seu ganho, pois, o consumo frequente de Vitamina C faz com que hão haja o envelhecimento precoce. O colágeno, responsável pela sustentação e firmeza da pele tem a sua produção estimulada e os radicais livres são combatidos. Esses ganhos podem ser obtidos quando ocorre a ingestão.

Os ossos, dentes e tendões são outras partes do corpo que ficam mais fortes devido ao colágenos, pois, precisam dele para serem mais resistentes.

A anemia pode ser combatida, isso porque a absorção do ferro é melhorada e evita problemas como lentidão de raciocínio e desanimo. Nesse caso o nutriente funciona como um auxiliar em outras funções do corpo.

Com o envelhecimento a visão pode ser prejudicada, mas a vitamina previne a degeneração da mácula e consequentemente a perda de visibilidade. Isso não significa que ela evita totalmente a cegueira, mas, pode retardar o seu efeito, principalmente quando combinada a outros cuidados.

Ajuda a tratar resfriados, isso porque contribui com o fortalecimento do sistema imunológico e fornece condições para que o organismo consiga combater mais facilmente qualquer vírus. Dessa forma, a pessoa consegue se curar em um tempo menor se comparado com quem possui falta desse nutriente.

Ao ajudar o colágeno e elastina se manter em boas concentrações faz com que a formação de placas nas artérias sejam inibidas, relaxa veias, artérias e impede o rompimento de coágulos. Dessa forma é possível prevenir a ocorrência de derrames.

O estresse também pode ser minimizado, isso porque esse nutriente atua na produção de hormônios como cortisol, histamina e norepinefrina que atuam combatendo o problema. Como consequência ocorre a melhora de humor e prevenção de quadros depressivos.

Para quem pratica exercícios o consumo dela pode potencializar o resultado dos treinos com a melhora do desempenho e reduzir danos na musculatura.

Quando utilizada em cosméticos pode trazer diferentes benefícios para a pele como reduzir as manchas, reduzir as linhas de expressão e potencializar o efeito do filtro solar.

 

Problemas Resultantes da Falta de Vitamina C

Da mesma maneira que se tem ganhos quando se ingere uma quantidade adequada de Vitamina C, o oposto corre com as baixas concentrações no organismo. Os sintomas e consequências podem ser passageiros ou duradouros dependendo do tempo que se fique sem a ingestão da Vitamina C.

Vale ressaltar que nem sempre os problemas ocorrem apenas pelo baixo consumo, algumas doenças podem dificultar a absorção desse nutriente, portanto, é muito importante conhecer quais são as reais causas do problema. Veja quais são os mais comuns:
- Gripes e resfriados frequentes
- Sistema imunológico enfraquecido
- Surgimento do escorbuto que provoca problemas na gengiva
- Hemorragias
- Feridas que não cicatrizam

- Perda dos dentes e inflamações na gengiva
-
Perda de apetite
-
Perda da força muscular
- Ressecamento da pele

 

Como Saber se Devo tomar a Vitamina C?

Um dos indicativos da falta de Vitamina C no organismo são os sintomas que começam a ocorrer como a alteração de humor, falta de apetite, ressecamento da pele e cabelo, dores nas articulações, dificuldade de cicatrização, manchas roxas pela pele entre outros.

Havendo suspeita da origem do problema é preciso procurar por um médico ou nutricionista que fará uma avaliação do quadro geral e buscará identificar se a causa é a falta de vitamina pelo baixo consumo.

Sem a ajuda de um especialista fica difícil descobrir que há necessidade de aumentar a quantidade do nutriente com uma alimentação mais equilibrada ou alimentação.

 

Vitamina C: Como Tomar o Suplemento?

O suplemento serve para complementar a quantidade diária de Vitamina C que o organismo precisa quando não é possível obter a dose por meio da alimentação.

O suplemento costuma ser encontrado na forma de cápsulas e pastilhas e deve ser ingerido uma vez ao dia acompanhado de um pouco de água.

Esse nutriente á facilmente absorvido pelo organismo e pode ser consumo em qualquer horário do dia, portanto é possível optar pelo horário de consumo. O ideal é que seja feito sempre no mesmo horário, não pelo fato da absorção, mas, para que não se esqueça de tomar o suplemento.

É preciso ter atenção a quantidade diária, por isso, é sempre indicado seguir as orientações que constam no rótulo. Isso porque ingerir continuamente doses superiores a 1 grama pode sobrecarregar os rins afetando o seu funcionamento e aumentando as chances de desenvolver cálculo renal.

Existem casos em que é necessário aumentar a dose diária como ocorre em casos de gravidez, mulheres que estejam amantando, praticantes de atividades físicas intensas e de fumantes.

Entretanto, em casos de superdosagem é possível que surjam efeitos colaterais, dentre eles diarreia, náusea, cólicas abdominais e outros distúrbios gastrointestinais. Esses tendem a ser passageiros e somem com a redução do consumo para níveis adequados.

 

Vitamina C: Quem Pode usar e Contraindicações?

Por ser essencial ao funcionamento do organismo, todas as pessoas devem e podem consumir Vitamina C, seja ela proveniente de alimentos ou de suplementos.

As que estão com a imunidade debilitada, gestantes, praticantes de atividade física e fumantes devem se atentar a quantidade uma vez que necessitam de dosagens maiores.

As pessoas de qualquer idade devem consumir esse nutriente, podendo haver a variação da dosagem, por exemplo, crianças de até 12 meses necessitam apenas de 50 mg por dia, já homens adultos precisam de 90 mg.

Não existem contraindicações em relação ao uso, apenas cuidado com a quantidade ingerida para que a dosagem não seja superior ao necessário por um grande período de tempo, uma vez que isso pode resultar em problemas de saúde.

Em relação ao consumo dos suplementos, há contraindicação do consumo por pessoas que tenham alguma alergia aos componentes da fórmula. Isso porque em muitos casos são adicionados outros ingredientes além da Vitamina C.

 

Vitamina C Engorda?

Pelo contrário, essa vitamina pode ajudar no emagrecimento quando ingerida na dose certa. Ela contribui na produção de carnitina, uma substância que transporta as células de gordura para que elas sejam transformadas em energia e queimadas.

Quando se tem uma boa quantidade de vitamina no organismo esse processo ocorre com maior frequência e não permite que as células de gordura se acumulem.

Apesar da vitamina não engordar, é preciso ter atenção com a fonte que ele está sendo obtida. Alguns alimentos como a laranja são calóricos e podem contribuir com o ganho de peso.

 

Vitamina C: Onde Comprar o Suplemento e Qual o Valor?

Para quem deseja complementar as doses diárias de Vitamina C com o uso de suplementos pode optar por produtos que são vendidos pronto para o consumo.

Eles costumam ser encontrados em potes com quantidades de cápsulas que podem variar e estão disponíveis em farmácias, lojas de produtos para atletas, comercio de produtos naturais.

Hoje quem deseja fazer a aquisição consegue utilizar tanto a intente como a compra em lojas físicas e encontra diversos fabricantes.

Com tantas opões no mercado é preciso ter atenção para não comprar produtos falsificados ou que não tenham procedência conhecida, uma vez que o consumo deles pode trazer danos à saúde.

Faz-se necessário avaliar o vendedor para saber se possui boas referências, e verificar o rótulo do produto para saber quem é o fabricante e os componentes da fórmula.

Em relação os valores eles podem variar conforme o fabricante e quantidade de cápsulas disponíveis, mas, o preço costuma ser acessível e compensa em relação aos benefícios proporcionados.

 

Vitamina C: Quais os Riscos de Tomar o Suplemento Falsificado?

Um dos cuidados conforme falamos que é preciso ter na hora da compra é em relação à aquisição de produtos de procedência conhecida.

Existem suplementos que são vendidos que passaram por falsificação e isso pode ser notado com rótulos de embalagem mal produzidos, falta de selos de qualidade e até mesmo erros ortográficos.

Eles costumam ser vendidos por um preço mais baixo e esse deve ser mais um sinal de alerta para que a compra não seja feita.

Quando não se presta atenção à esses detalhes a pessoa corre riscos que podem comprometer a sua saúde.

Um deles é o fato de não haver a substância indicada na embalagem, nesse caso a Vitamina C. Assim, ao tomar os comprimidos, não estará ingerindo a quantidade necessária diária e isso pode comprometer o funcionamento do organismo pela baixa presença do nutriente.

Os componentes utilizados na formula podem não ser os indicados na embalagem e quando se tem intolerância a algum deles é possível que a pessoa tenha reações alérgicas e não consiga identificar facilmente a causa.

Outro risco é o de intoxicação uma vez que os produtos falsificados não dizem bem o que os compõem e nele podem ter produtos tóxicos que fazem mal a saúde e podem desencadear uma série de problemas.

Por mais que o preço seja atrativo, o suplemento falsificado pode comprometer a saúde e não deve ser utilizado.

Se os seus níveis de Vitamina C andam baixos, a suplementação pode ser a melhor alternativa para cuida da sua saúde. Aproveite para conhecer e comprar um suplemento que atenda a sua necessidade.