Televendas: (31) 3063-8989
Central de Atendimento
(31) 3063-8989 (31) 98462-5344 @ sac@naturecenter.com.br Segunda à Sexta-feira de 8h às 19h.
Sábado de 9h às 13h.
Mostrando 72 Produtos em 3 páginas
Mostrando 72 Produtos em 3 páginas

Fibras

Para quem deseja obter um corpo saudável, a disciplina alimentar é imprescindível. Dar início a uma dieta é essencial para que os resultados apareçam e assim os objetivos sejam realizados. Não é necessário ficar sem comer - sendo até um erro esse tipo de atitude - e sim saber preencher as refeições do dia a dia com os elementos certos. À medida que a pessoa se acostuma com este novo tipo de hábito alimentar, a tarefa passa a ser mais fácil.

Há diversos meios de se chegar à meta de ter um corpo com saúde, seja por fora ou por dentro, no organismo. Um dos métodos é basear o cardápio com uma dieta rica em fibras.

 

O que são Fibras e Qual é a sua Função?

As fibras são elementos que fazem parte dos vegetais que não são digeridos pelo organismo e atuam para o bom funcionamento do sistema intestinal. Há dois tipos de fibras:

- Fibras solúveis;
- Fibras insolúveis;

A fibra solúvel tem uma capacidade alta de retenção de água, além de ser importante para a redução do colesterol, além de diminuir os níveis de colesterol no sangue. Ela atua no estômago e no intestino delgado e melhora a digestão de nutrientes, principalmente açúcar e gordura.

Já a fibra insolúvel tem como principal função aumentar o bolo fecal e acelerar o trânsito intestinal. Ela é encontrada nas camadas externas de cereais. Também pode estar presente em verduras e legumes.

 

Benefícios do Consumo de Fibras

O consumo de fibras traz diversas vantagens ao corpo e é essencial para as pessoas que desejam ficar em forma, saudável e sem riscos de ter várias complicações ligadas ao mau funcionamento do organismo. Ela é boa para evitar ou tratar problemas como azia e diabetes, entre outras, além de prevenir a obesidade.

A dieta baseada em fibra é importante para buscar o corpo ideal e evitar o consumo excessivo de alimentos como um todo, pois as fibras solúveis são responsáveis por absorver água, formar géis e mantê-los por mais tempo no estômago, fazendo assim com que deste modo gere uma maior saciedade, ou seja, satisfeita em relação ao apetite, e, consequentemente com menos vontade de comer a todo momento. Isso acontece porque as fibras proporcionam um maior retardamento em relação ao esvaziamento gástrico.

Outro ponto positivo relacionado ao consumo de alimentos ricos em fibras é o auxílio ao controle do colesterol. Tanto as fibras solúveis quanto as insolúveis têm papel fundamental a esse combate. Os efeitos no intestino delgado têm relação direta com este processo, visto que proporciona uma alteração de absorção do colesterol no organismo, o que faz também com que haja uma diminuição de riscos ligados a problemas cardiovasculares.

As fibras promovem um melhor funcionamento do intestino, principalmente evitando ou tratando a constipação. Há um crescimento das bactérias benéficas que melhoram o trânsito intestinal e a frequência do número de evacuações. A saúde intestinal é de extrema importância, pois é responsável por manter o equilíbrio do funcionamento de outras áreas do organismo.

Há um maior controle de glicose, visto que há uma liberação mais lenta e constante que ajuda a regularizar os níveis da substância no sangue. Isso evita o pico de insulina. É fundamental para evitar o desenvolvimento de doenças como a diabetes.

O sistema imunológico é outro beneficiado pelo consumo de fibras durante a alimentação. As fibras solúveis atuam como fonte de energia para a nutrição das células e têm importância para o desenvolvimento da bactéria benéfica, que atua de modo positivo sobre a microbiota intestinal.

Como pode ser visto, o consumo de fibras nos alimentos é benéfico para todo o organismo do corpo, atingindo assim várias e trazendo várias melhorias à vida da pessoa de modo direto e indireto. Prevenir doenças, ter um maior cuidado e tratamento com a pele, evitar doenças de nível sério como aquelas ligadas a questões cardiovasculares e manter o corpo saudável tornam as fibras essenciais para serem inseridas na rotina do indivíduo.

Ter medidas saudáveis vão muito além comer muito ou pouco. A alimentação é um fator determinante e deve-se comer de forma correta, não necessariamente ligada a quantidade. Porém o funcionamento do organismo também é essencial para que o corpo em forma seja possível. Outras medidas como uma maior frequência de atividades físicas também são importantes para que todo este processo fique viável e os resultados fiquem visíveis em pouco tempo.

É necessário ter em mente que não é recomendável ingerir fibras de modo abrupto sem um estudo ou orientação profissional prévia. Há uma quantidade específica a ser usada como referência para que todos os efeitos benéficos causados por elas sejam efetivos. Para adultos, deve-se trabalhar com a faixa de 25 a 35 gramas alimentares por dia. Dentro deste número, 25% a 30% deve ser de fibras solúveis e de 70% a 75% de insolúveis.

A disciplina é precisa para que o objetivo seja alcançado. De todo modo, o ideal que é comece o quanto antes a dieta baseada em alimentos ricos em fibras. Para quem tem o foco em trabalhar o corpo e manter a saúde dele em dia, é uma grande medida a ser tomada para que haja melhorias.


 

Alimentos Ricos em Fibras (lembrar de suplementos)

Há muitas opções de alimentos que são ricos em fibras para serem adicionados no cardápio do dia a dia. Entre elas, o farelo de aveia, que pode ser adicionado em diversos tipos de prato. Considerado completo, ele agrega proteínas, ferro, potássio, fósforo e vitaminas E,K,B1,B2,B3 e B6. Ele favorece a reabsorção de água pelo organismo e produz uma substância que estimula o trânsito intestinal.

Para quem quer eliminar alguns quilos a mais, o pão integral é um dos alimentos mais consumidos. Saudável, ele é recomendado principalmente em dietas hipoglicêmicas. Uma fatia fina contém 52 calorias e o pão integral ajuda a obter energia para treinos, além de auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares e a diabete, sendo assim um dos itens mais fundamentais na dieta relacionada a fibras.

O que também deve estar presente na lista de alimentos a serem consumidos é o farelo de trigo. Ele é um dos mais ricos em fibras, possuindo 41,6 delas em uma porção de 100g, e seu processo consiste em inchar ao entrar em contato com a água, aumentando assim o volume do bolo alimentar, o que faz com que se tenha um melhor funcionamento do trânsito intestinal.

Também rica e benéfica, a cenoura é uma ótima alternativa devido a sua facilidade e abrangência de modo de consumo. A comida pode ser ingerida crua, porém outra opção é inseri-la em outras refeições como purê, pão, sopa e refogado. Ela apresenta cerca de 3,7g de fibras e 51 calorias em 100g de cenoura. Sua composição é rica e conta com cálcio, potássio, fósforo, sódio e vitaminas A, B2,B3 e C.

Frutas

As frutas são grandes fontes de fibras e muitas delas são muito benéficos ao organismo. Uma dica é consumi-las com as cascas, desde que estejam bem lavadas. Para começar, a laranja é uma ótima opção. Ela contém 2,2g de fibras em uma porção de 100g e, além de ser uma fonte de vitamina C, é composta por magnésio e flavonoides, combatendo assim o colesterol e auxiliando no sistema digestório. Seus efeitos psicológicos também são efetivos, sendo útil na redução do estresse e da depressão.

Além da laranja, o mamão é outra fruta que pode e deve ser inserida na rotina alimentar do indivíduo. Ele é importante no tratamento de constipação. No mamão, se encontra 1,8g de fibras em uma porção de 100g. Contendo vitaminas A e C, ele é um grande auxílio ao funcionamento do sistema imunológico.

Outras recomendações são as frutas vermelhas, que são ricas em fibras e pouco calóricas. Exemplos como groselha e framboesas contam com 8g de fibras a cada porção de 100g, sendo assim indicadas no processo de dieta alimentar voltada a frutas.

Saindo das frutas, as leguminosas de um modo geral são fontes ricas de fibras. Em destaque, as ervilhas partidas, que têm 11g de fibras em uma porção de 100g. A ervilha comum também é uma opção, embora conte com uma quantidade menor, assim como o feijão, agrega 7g de fibras.

 

Suplementos de Fibras

Há pessoas que não conseguem atingir a quantidade adequada de fibras ao dia e por isso é necessário recorrer a outros métodos para suprir. Os suplementos servem como um suporte a situações como esta e ajudam com o desenvolvimento da saúde no corpo. Porém é importante frisar que o produto não deve ser usado como forma de substituir a comida. A alimentação deve seguir adequada e o indivíduo deve tomar outras medidas saudáveis como atividades físicas. O suplemento em si não resolve.

Para quem busca este método de auxílio, é recomendável ter o suporte médico de um profissional, como um nutricionista. A indicação da quantidade será baseada de acordo com as necessidades individuais. Uma dica essencial é beber bastante água, é um ponto fundamental e não deve ser esquecido sob nenhuma hipótese.

Há muitos tipos de suplementos disponíveis no mercado e cabe à pessoa adquirir aquele que for mais adequado ao contexto em que ele se encontra, de acordo com as recomendações. Quando consumidos de modo correto, os suplementos servem como um grande auxílio para suprir todas as necessidades alimentares, que ajudam a regular o intestino e a partir disso promover uma melhora no organismo.

Seja indo pessoalmente a estabelecimentos que tenham os produtos ou pesquisando pela internet, muitas opções serão apresentadas. É preciso tomar cuidado para selecionar o certo e o de melhor qualidade. Um estudo e uma pesquisa prévia sobre as melhores marcas é importante para que a escolha seja correta e benéfica, sem correr riscos de não ter nenhum resultado após o consumo. A pessoa que deseja ter um corpo saudável pode usar este método caso encontrem dificuldades. Com a dose certa, os resultados serão visíveis e assim os objetivos concluídos. O uso é recomendado a adultos, sendo indicado a crianças apenas em situações específicas de necessidade, em último caso.

Seja com alimentos ricos em fibras ou suplementos voltadas para o mesmo fim, o acompanhamento de um profissional de saúde da área de nutrição é fundamental. Com todas as indicações e recomendações direcionadas, os efeitos dos benefícios propiciados por ingerir fibras durante as refeições ao longo do dia serão mais perceptíveis rapidamente. A dieta baseada em fibras é um hábito que pode se fazer presente por toda a vida do indivíduo, não se limitando apenas a uma faixa específica de tempo.

Ter a saúde em dia é algo que gera um bem-estar por todo o dia e por isso as medidas saudáveis não devem ser tratadas como exceções para determinadas situações. Com o tempo, o corpo acostuma a essa nova rotina de educação alimentar, o que diminui o risco de ter complicações relacionadas a doenças no organismo.

Uma alimentação bem-feita é essencial. Seja por meio de frutas, pão integral, farelo de aveia ou tantos outros exemplos de comidas ricas em fibras, todos os benefícios relacionados ao consumo destes alimentos são um grande atrativo até mesmo para questões estéticas, além da saúde em si.

A regulação do intestino - um dos principais pontos interligados às fibras - é uma questão de maior importância para quem está em busca de uma melhor forma. A dieta ligada a fibras não está necessariamente ligada a quem está abaixo ou acima do peso. É um método de alimentação que não depende da balança, pois afeta de modo positivo a saúde como um todo. Sendo assim, ela é recomendável a todos, desta forma inserida no cotidiano das pessoas e trazendo retornos essenciais para uma vida mais tranquila. Com uma pesquisa e um estudo prévio, selecionando os alimentos e/ou suplementos mais indicados, a educação alimentar deste benéfico método pode ser iniciada.

Comece já a separar os produtos corretos! Uma ida ao mercado com uma lista específica de alimentos com fibras é uma boa indicação. As mudanças poderão ser vistas e sentidas à medida que a dieta for aplicada de modo correto. A sua saúde agradece.


 

Visitados

O que falam sobre nós

Acesse
o blog